Nas cobranças de pênaltis, Botafogo, CRB e Ceará avançam na Copa do Brasil e Chapecoense ganha no tempo normal

Gatito brilha e Botafogo elimina o Náutico nas cobrancas de pênaltis (Créditos: Paulo Paiva/AGIF)

0
138

Pela segunda fase da Copa do  Brasil, o Botafogo foi a Pernambuco encarar o Náutico, enquanto o Ceará visitou o Oeste, em São Paulo, o  CRB desbancou o Paysandu e, ainda pela primeira fase, a Chapecoense o Boa Vista, no Rio de Janeiro. Melhor para os visitantes, que venceram e avançaram na competição.

Nos Aflitos, no Recife (PE), o Botafogo carimbou a vaga nas penalidades, enquanto na Arena Barueri, o Ceará saiu na frente, viu o adversário igualar o placar, mas garantiu a classificação também na disputa de pênaltis. Já a Chapecoense ganhou no tempo normal.

O Náutico se lançou ao ataque logo no início da partida, mas o placar foi abert somente aos 42.Jean Carlos recebeu bom passe de Paiva e bateu rasteireiro: 1 a 0. Dois minutos depois, o meia do Timbu quase ampliou a vantagem, mas Gatito novamente salvou o Alvinegro.

O Botafogo voltou para a etapa complementar com maior domínio do jogo e aos 23, a pressão surtiu efeito. Bruno Nazário aproveitou cruzamento de Luiz Fernando para deixar tudo igual nos Aflitos. Depois do empate, o Náutico equilibrou o duelo. Jorge Henrique e Erick tiveram grandes chances, mas não conseguiram estufar as redes. Com a igualdade no placar, o jogo se encaminhou para a disputa de pênaltis.

Nas penalidades, brilhou a estrela do goleiro alvinegro Gatito Fernández, que defendeu duas cobrança do Timbu. Enquanto Pedro Raul, Alex Santana, Bruno Nazário e Danilo Barcelos colocaram a bola no fundo do gol e ajudaram a classificar o Botafogo, que na próxima fase vai encarar o classificado de Paraná x Bahia de Feira, que se enfrentam no próximo dia 26, em Curitiba.

Oeste 1 (2) x (4) 1 Ceará – Na Arena Barueri foi o Ceará que começou melhor. Logo aos sete minutos,  abriu o placar com Leandro Carvalho. Aos 40, Bruno Paraíba aproveitou lançamento pela direita e finalizou para grande defesa de Fernando Prass. No lance seguinte, De Paula foi quem assustou para os donos da casa, mas dessa vez a trave salvou o alvinegro e dois minutos depois, Bruno Paraíba fez a roubada de bola e deixou o camisa 7 na boa para empatar a partida: 1 a 1. Na parte final do confronto, o Ceará voltou a assustar com Bergson, Felipe Baxola e Charles, mas sem sucesso. Sem mais bolas na redes, a decisão foi para as penalidades.

Com a bola na marca da cal, Bergson, Samuel Xavier, Eduardo Brock e Felipe Baxola acertaram as cobranças do Vozão, que também contou com grande noite do goleiro Fernando Prass para carimbar a vaga. Na terceira fase, o Ceará vai enfrentar o vencedor do duelo entre Vitória e Lagarto-SE, que duelam no dia 5 de março, em Salvador.

Boavista 0 x 2 Chapecoense – Aos 40, a pressão do time catarinense surtiu efeito com Aylon. Após tabelar com Renato, o camisa 18 bateu bonito para o fundo das redes: 1 a 0. Na etapa complementar, a Chapecoense manteve o controle do jogo e aproveitou para ampliar a contagem. Na marca dos 12 minutos, Foguinho puxou contra-ataque e finalizou certeiro para fazer 2 a 0, placar final. Na segunda fase, a equipe catarinense vai enfrentar o São José-RS, no próximo dia 27, em Porto Alegre.

CRB bate o Paysandu nos pênaltis e avança para terceira fase da Copa do BrasilCRB bate o Paysandu nos pênaltis e avança para terceira fase da Copa do Brasil
Créditos: Fernando Torres/AGIF

Paysandu 1 (3) x (5) 1 CRB – Na Curuzu, em Belém (PA), o CRB teve as primeiras chances do jogo. Com três minutos, Luidy arriscou, mas viu Gabriel Leite salvar o time da casa. Aos 42, a arbitragem assinalou pênalti para o CRB. Na cobrança, Léo Gamalho abriu o placar. A vantagem alagoana durou pouco. Nos acréscimos, Caíque aproveitou uma sobra dentro da área e soltou o pé para deixar tudo igual. Na volta do intervalo, a partida perdeu intensidade e o placar não voltou a ser mexido.

Com a bola na marca da cal, Erik, Igor, Léo Gamalho, Carlos Jatobá e Rafael Longuine converteram todas as cobranças do CRB, que também contou com a estrela do goleiro Edson para ficar com a vaga.  Na terceira fase, o Galo vai encarar o vencedor de Boa Esporte x Cruzeiro. O duelo mineiro acontece no dia 4 de março, no Dilzon Melo, em Varginha.

Lagarto – O Lagarto de Sergipe também  segue na Copa do Brasil. Na tarde desta quarta-feira (19), recebeu o Volta Redonda do Rio de Janeiro no estádio Albano Franco, em Simão Dias (SE), e venceu pelo placar de 1 a 0. Jardson Sapé fez o gol único da partida e garantiu os mandantes na segunda fase do principal mata-mata do país, quando enfrentará o Vitória da Bahia.

(Da CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui