Nordeste movimenta R$ 907 milhões em vendas online na Black Friday e na Cyber Monday

0
227

Levantamento considera vendas de 28 de novembro a 02 de dezembro

O Nordeste foi a segunda maior região em vendas e fraudes evitadas no e-commerce durante Black Friday e da Cyber Monday. Um levantamento realizado pelo Compre&Confie, empresa de inteligência de mercado focada em e-commerce, mostra que ambas as datas movimentaram R$ 907,7 milhões de quinta-feira (28/11) a segunda-feira (02/12), com crescimento nominal de 15,2% em relação ao mesmo período de 2018. Consumidores gastaram, em média, R$ 655,00 por compra.

Nos quatro dias de vendas, segundo levantamento da ClearSale, empresa especialista em antifraude, o prejuízo evitado com fraudes aumentou 65,4% e a companhia colaborou para garantir mais segurança nas transações, totalizando R$ 9,5 milhões de fraudes evitadas.

No país – Em todo o Brasil, com Black Friday e Cyber Monday foi de 35,5%, apresentando um resultado de R$ 5,96 bilhões, totalizando 10,58 milhões de pedidos. Em relação às fraudes, em todo o país foram evitadas R$ 39,7 milhões em perdas, aumento de 38,6%.

Na análise regional, segundo a Compre & Confie, dos R$ 5,96 bilhões de faturamento nacional, a maior parte esteve concentrada no Sudeste, com R$ 3,7 bilhões, seguido pelo Nordeste. Em terceiro lugar está o Sul (R$ 853,5 milhões). Centro-Oeste e Norte ocupam as últimas posições, com faturamento de R$ 392,9 milhões e R$ 151 milhões, respectivamente.

“O Nordeste do país apresentou grande destaque nas vendas do comércio eletrônico durante a Black Friday e Cyber Monday. Os grandes varejistas do setor estão investindo em centros de distribuições na região para melhorar a velocidade de entrega e diversidade de produtos comercializados para os consumidores que residem nos diversos estados da região.”, destaca André Dias, diretor executivo do Compre&Confie.

Alinhado com o aumento das compras no período, os prejuízos evitados no e-commerce também foram maiores este ano. “Os celulares costumam ser os itens com maior índice de tentativa de fraudes, seguido pelo segmento de games e bebidas. Produtos que têm grande valor agregado e são fáceis de serem revendidos são os preferidos pelos fraudadores”, explica Omar Jarouche, diretor de Soluções da ClearSale.

Na análise por região, o Sudeste liderou as fraudes evitadas, com R$ 20,8 milhões e crescimento de 30% em relação a 2018. O Nordeste ficou em segundo lugar com R$ 9,5 milhões e alta de 65,4%. Em terceiro lugar está o Centro-Oeste, com R$ 3,8 milhões e crescimento de 35%. O Sul e o Norte ficaram em quarto e quinto lugar, com R$ 3 milhões e alta de 36,4% e R$ 2,3 milhões e mais de 36,7% de fraudes evitadas do que em 2018, respectivamente. e no maior ROI do mercado.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui