Papa Francisco pede perdão a fiel que repreendeu abruptamente

0
401

O papa Francisco usou sua mensagem de Ano Novo para denunciar a violência contra as mulheres, horas depois de reagir com tapas nas mãos de uma senhora que o cumprimentou abruptamente na praça em frente à Basílica de São Pedro. Francisco pediu perdão à mulher.

O incidente ocorreu na noite anterior, na mesma praça, quando o papa, visivelmente contrariado, repreendeu uma mulher que o agarrou bruscamente pela mão e o puxou na sua direção enquanto ele cumprimentava os fiéis, após celebrar a última missa do ano.

A mulher, de traços asiáticos, estava na primeira fila detrás das barreiras metálicas de segurança instaladas na praça. Quando Francisco passou ao seu lado, ele pegou a mão dele e o puxou repentinamente em sua direção. O papa tentou imediatamente escapar da mulher e, depois de conseguir, deu um leve tapa na sua mão, em sinal reprimenda, enquanto seus agentes de segurança se aproximavam para socorrê-lo, embora não tenham tido que intervir. Quando o incidente ocorreu, o pontífice argentino acabava de chegar à praça de São Pedro para visitar a árvore de Natal e o presépio instalados durante esta época do ano.

 

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui