Parque Independência será revitalizado e deixará de ser apenas palco da Expoema

0
892

AQUILES EMIR

O presidente da Associação dos Criadores do Maranhão (Ascem), José Assub Neto, apresentou na última reunião do ano, segunda-feira (21), o projeto de modernização e revitalização do Parque Independência, que deixará de ser apenas palco da Exposição Agropecuária do Maranhão (Expoema), realizada no mês de setembro, para receber outras atividades, algumas delas de caráter permanente.

O parque pertence ao Governo do Estado e é cedido à Ascem em regime de comodato desde o governo de Edison Lobão, contrato que foi ratificado pela ex-governadora Roseana Sarney, em 2010, por mais vinte anos.

Localizado no bairro do Tirirical, o espaço está encravado entre o campus da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), Aeroporto Marechal Hugo da Cunha Machado e o bairro São Raimundo, dispõe de uma das mais belas áreas verdes da cidade e no seu interior há um conjunto de construções que são utilizadas apenas uma vez por ano, durante a Expoema, mas com o projeto idealizado pela arquiteta e urbanista Lise Coraux, todo esse conjunto pode ter uma melhor destino e ser compartilhado com a sociedade, principalmente a população dos bairros próximos.

De acordo com o projeto, além da Associação dos Criadores, passarão a funcionar no local a Federação da Agricultura (Faema) e outras instituições públicas e privadas, bem como serão criadas pistas de cooper, arena de shows, pista de vaquejada, área para provas de tambor e baliza etc. O projeto prevê ainda reforma do Palácio dos Leilões, dos estábulos e outras construções.

Com essas adaptações, vai ser possível atrair a população para os eventos que passarão a ser realizados ao longo do ano. “Não será mais destinado apenas à Expoema, mas a toda a sociedade”, frisou o presidente da Ascem.

Discussão – A apresentação do projeto foi feita numa reunião que contou com a presença do vice-governador Carlos Brandão (PSDB), que ficou de aprofundar os debates nas instâncias do governo para sua viabilização. Brandão não confirmou, mas há informações de que o governador Flávio Dino (PCdoB) também teria outro projeto para o parque.


Pelo projeto de revitalização, espaço pode se tornar uma importante área de lazer para a cidade

Segundo Assub Neto, o projeto não é definitivo, ou seja, apenas foram traçadas algumas linhas gerais para que seja debatido com as autoridades estaduais, até porque trata-se de um patrimônio do Estado que é cedido à Associação dos Criadores, que cuida da sua preservação e nele realiza a mais importante exposição agropecuária do estado, a Expoema.

Ele explicou que sempre foi interesse da Ascem dar uma nova destinação a esse patrimônio e com as ideias lançadas pode servir para shows, disputas equestres, prática de esportes, feiras de negócios e até mesmo ser área de lazer, com funcionamento de restaurantes, bares etc.

O financiamento do projeto, como frisou Assub Neto, vai depender dos entendimentos com o Estado. “O importante é que demos um passo significativo para tornar o Parque Independência um patrimônio mais útil para a sociedade”, acentuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui