Partido Novo confirma candidatura de João Amoêdo a presidente

0
171

FERNANDA CRUZ

João Dionisio Amoêdo foi oficializado candidato à Presidência da República pelo Partido Novo durante convenção nacional neste sábado (4) na capital paulista. O cientista político Christian Lohbauer foi escolhido como candidato à vice-presidente.

Entre as principais propostas de Amoêdo estão equilibrar as contas públicas, acabar com privilégios de determinadas categorias profissionais, melhorar a educação básica e atuar fortemente na segurança. Também é favorável à revisão do Estatuto do Desarmamento. “As pessoas têm que ter direito à legítima defesa. O governo parte do pressuposto de que o cidadão é uma criança”, disse.

O candidato defendeu a privatização de empresas estatais. “Para que exista, para os consumidores, o aumento da concorrência. A existência de empresas estatais, além de ineficientes para o consumidor, cria um ambiente muito propício para a corrupção”, declarou.

João Amoêdo disse que quer levar renovação à política e mudar o Brasil. “Eu não quero defender o interesse de alguns poucos, dividir a sociedade. Acabar com a sociedade desunida e ajudar, especialmente, aqueles mais humildes, que foram enganados por muito tempo com um discurso que só os prejudica”, completou.

Perfil – João Dionisio Amoêdo nasceu em 22 de outubro de 1962 na cidade do Rio de Janeiro. É formado  em engenharia civil pela Universidade Federal do Rio de Janeiro e em administração de empresas pela Pontifícia Universidade Católica.

Foi diretor-executivo do Banco BBA Creditanstalt, presidente da Finaústria CFI, vice-presidente e membro do conselho de administração do Unibanco, membro do conselho de administração do Banco Itaú BBA e membro do conselho de administração da empresa João Fortes Engenharia.

Fundou o Partido Novo com membros da sociedade civil, que passam por processo seletivo para se tornarem candidatos.

(Agência Brasil)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui