Pesquisa da XP mostra Jair Bolsonaro na liderança sem ex-presidente Lula na disputa

0
963

Pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipesp), entre 9 e 11 de julho, sob encomenda da XP Investimentos, e divulgada sexta-feira (13), revela que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) atingiu 30% das intenções, o maior patamar na série histórica desses levantamentos.

Em segundo lugar aparece o deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), com 20%, seguido pela ex-senadora Marina Silva (Rede) com 10% e pelos ex-governadores de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), e do Ceará, Ciro Gomes (PDT), com 7% cada.

Ainda de acordo com a pesquisa, na consulta espontânea, em que não se apresentados os nomes dos candidatos, Bolsonaro lidera, vencendo, inclusive Lula. Ele teria 15% das intenções de voto; Lula, 13%; Ciro Gomes e Geraldo Alckmin,  2% cada; e outros candidatos, ficam BA faixa de 1%.

Para o Ipesp,  ainda que sua candidatura seja improvável, o desempenho do ex-presidente pode ser um indicativo de seu poder de transferência de votos. Prova disto é quando o ex-prefeito de São Paulo Fernando Haddad (PT)  é apontado como seu provável substituto, e ele aparece em segundo lugar com 12%, atrás apenas de Bolsonaro, que vai a 21%.

O ex-prefeito de São Paulo salta do patamar de 2% das intenções de voto para 12% com a simples menção de que seria o nome apoiado por Lula.

 

 

Jair Bolsonaro lidera em todos os cenários em que é retirado o nome de Lula, e a diferença para o segundo colocado varia de nove a dez pontos, mas não dá para afirmar quem seria seu principal adversário, já que aparecem tecnicamente empatados Marina Silva, Ciro Gomes, Geraldo Alckmin e Fernando Haddad.

 

Segundo turno – Foram testados pelo Ipesp seis situações de segundo turno, com os seguintes resultados:

  1. Numa eventual disputa entre Alckmin e Haddad, o tucano venceria por 30% a 20%.
  2. Na disputa entre Lula e Bolsonaro, o petista venceria por 40% a 33%
  3. Num confronto entre Bolsonaro e Alckmin haveria um empate técnica 34% a 32%, com ligeira vantagem do primeiro
  4. Em eventual disputa entre Marina Silva e Bolsonaro, o cenário também é de empate técnico, 37% a 33%, com a ex-senadora numericamente à frente
  5. Se o segundo turno fosse entre Alckmin e Ciro, o tucano ficaria à frente por 32% a 30%, mas ambos estão tecnicamente empatados.
  6. Caso Bolsonaro e Ciro se enfrentassem, novo empate técnico, de 33% a 31%, com ligeira vantagem para o candidato do PSL.

Rejeitado – Apesar de liderar a preferência dos que dizem ter candidato definido, Lula é o mais rejeitado, chegando a  62% dos que dizem não votar nele em nenhuma hipótese, conforme mapa abaixo:

CANDIDATO De 21 a 23/05 De 04 a 06/06 De 11 a 13/06 De 18 a 20/06 De 25 a 27/06 De 02 a 04/07 De 9 a 11/07
Lula 60% 60% 60% 60% 61% 62% 61%
Bolsonaro 47% 54% 52% 53% 52% 52% 54%
Marina Silva 55% 60% 57% 60% 57% 58% 58%
Ciro Gomes 53% 58% 56% 60% 59% 59% 60%
Alckmin 53% 59% 60% 60% 59% 59% 59%
Álvaro Dias 45% 47% 41% 45% 48% 48% 47%
 Haddad 56% 59% 57% 58% 58% 57% 57%

Fonte: XP/Ipespe

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) 09898/2018.

(Com dados do Informoney)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação