Simpatizantes de Lula passam réveillon em frente à sede da PF em Curitiba

0
453

Dezenas de simpatizantes de Luiz Inácio Lula da Silva passaram as primeiras horas de 2019 em frente à sede da Polícia Federal, em Curitiba (PR), onde fizeram uma festa de Réveillon para pedir sua liberdade. Vindos de várias estados do país, eles se concentraram desde segunda-feira (31 de dezembro) e 1º de janeiro para passar a virada do ano o mais próximo possível do ex-presidente.

Lula está preso desde o dia 07 de abril, cumprindo pena por crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, condenação decretada pelo ex-juiz federal Sérgio Moro, nomeado nesta terça-feira ministro da Justiça pelo presidente Jair Bolsonaro. A condenação de Lula foi ratificada por Tribunal Regional Federal de Porto Alegre (TRF 4).

O evento petista foi coordenado por Roberto Baggio, do Movimento dos Trabalhadores sem Terra (MST) e teve diversas atividades culturais durante todo o dia 31. Apesar de várias lideranças serem aguardadas, apenas a senadora Gleisi Hoffman, presidente nacional do PT, marcou presença.

Gleisi esteve com os militantes na Vigília Lula Livre e com eles caminhou segurando uma faixa “ Lula Livre” de 60 metros de comprimento, feita pela militância do coletivo Alvorada, que foi levada de Belo Horizonte até Curitiba para homenagear o ex-presidente.

Na manhã desta terça-feira (1º), ativistas da Vigília se uniram e realizaram uma limpeza na rua em frente à sede da Polícia Federal em Curitiba, onde também foi realizada a ceia da virada. Cantos e gritos de Lula livre embalaram a festa da militância.

Durante a tarde os militantes realizaram um “abraçaço” no quarteirão da Polícia Federal em Curitiba como ato simbólico de abraço amoroso a Lula. Balões foram soltos ao céu representando os gritos de desejo de liberdade ao ex-presidente. Em seguida, centenas de rosas artificiais foram jogadas dentro da Superintendência da PF para simbolizar os pedidos de paz e justiça.

(Com dados da Agência PT e fotos de Ricardo Stuckert)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui