Portos do Maranhão participaram com 18,77% da movimentação de cargas no Brasil em 2017

0
1244

AQUILES EMIR

Os três portos maranhenses – Ponta da Madeira, Itaqui e Consórcio Alumar – corresponderam com 18,77% da movimentação nacional de cargas pelo transporte marítimo em 2017, segundo dados do Anuário Estatístico divulgados nesta quinta-feira (15) pela Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq). De acordo com os números, passaram pelos portos de todo o Brasil 1,08 bilhão de toneladas, sendo que no Maranhão o registro foi de 203,9 milhões.

O grande destaque foi para o terminal da Ponta da Madeira, que movimentou 169,7 milhões de toneladas, o que lhe dá o primeiro lugar no ranking nacional, transportando apenas minério, escória e cinzas. A diferença do porto administrado pela Vale para o segundo colocado, que é Tubarão (Espírito Santo), também administrado pela mineradora, é de 60 milhões de toneladas.

Quanto ao Porto do Itaqui, que é gerenciado pela Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), a movimentação foi de 19,1 milhões de toneladas, com destaque para grãos (soja e milho), que responderam por 32,3% de toda a movimentação, vindo em seguida combustíveis (28,5%), cereais (10,8%), adubos (9,1%), papel (7,6%) e outros. Por conta desta movimentação, o Itaqui aparece na 11ª posição no ranking geral e na 6ª entre os portos públicos.

Já o Porto da Alumar teve uma movimentação de 15,03 milhões de toneladas, ficando na 17ª posição no ranking nacional e na 10ª entre os Terminais de Uso Privado (TUPs). Três tipos de mercadorias são movimentadas nesse porto, minérios, escórias e cinzas (65,4%), produtos químicos inorgânicos (32,8%) e combustíveis (1,8%).

Principais portos – Segundo a Antaq, o Porto de Santos (SP) se mantém, entre os públicos, como o de maior movimentação do país, pelo qual são transportadas 106,9 milhões de toneladas no ano. O número é 9,9% superior ao registrado em 2016.  Em segundo lugar está o Porto de Itaguaí (RJ), com 52,9 milhões de toneladas – movimentação 9,9% inferior à registrada em 2016.

A terceira posição no ranking ficou com o Porto de Paranaguá (PR), que movimentou 45,6 milhões de toneladas (resultado 13,7% superior ao obtido no ano anterior); e, em quarto lugar, o Porto do Rio Grande (RS), com 26,2 milhões de toneladas (8,5% a mais do que em 2016).

No caso dos portos privados, o que obteve maior movimentação foi o de Ponta da Madeira (MA), com 169,8 milhões de toneladas, valor 14,2% superior ao de 2016. Tubarão (ES) ficou em segundo lugar, com o transporte de 109,3 milhões de toneladas (crescimento de 1,1% em comparação com 2016).

Confira no mapa a movimentação de cargas nos portos brasileiros em 2017:

PORTOS TONELAGEM
Brasil

1.086.082.992

Maranhão

203.902.709

Ponta da Madeira

169.785.841

Itaqui

19.113.492

Alumar

15.003.376

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui