Robson de Andrade recebe o título de Cidadão Maranhense nesta quinta-feira

0
603

AQUILES EMIR

O empresário Robson Braga de Andrade, que nesta terça-feira (08) foi reeleito presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), recebe nesta quinta-feira (10), na Assembleia Legislativa, o título de Cidadão Maranhense, outorga que foi sugerida pelo deputado Rogério Cafeteira (DEM), líder do governo. Segundo o parlamentar, Robson de Andrade, através dos órgãos do Sistema Confederação das Indústrias tem relevantes serviços prestados aos maranhenses, nos campos econômico, educacional e social.

Além da homenagem no parlamento estadual, Robson de Andrade inaugura uma unidade do Serviço Social da Indústria (Sesi) e participa da solenidade de entrega da Medalha do Mérito Industrial ao empresário Parmênio de Carvalho, presidente do Grupo Canopus.

Mineiro de São João del-Rei, Robson Braga de Andrade é presidente da CNI desde 2010, o 12o industrial a ocupar o posto da entidade, que completa 80 anos em 2018. Anteriormente, foi presidente da Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (FIEMG), por dois mandatos (2002-2010), período em que foi vice-presidente da CNI.

O empresário é membro do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social da Presidência da República (CDES) e do Centro de Altos Estudos em Controle e Administração Pública (CECAP) do Tribunal de Contas da União (TCU). Engenheiro mecânico formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Andrade é fundador e presidente da Orteng Equipamentos e Sistemas Ltda, empresa sediada em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte, que produz e exporta produtos e serviços para os segmentos de energia, petróleo, gás, mineração, siderurgia, saneamento, telecomunicações e transportes.

A reeleição na CNI foi por unanimidade e a chapa é composta por cinco vice-presidentes executivos, representando cada uma das regiões do país, através de suas federações. São eles: Paulo Skaf (São Paulo), Antonio Carlos da Silva (Amazonas), Francisco de Assis Gadelha (Paraíba), Paulo Afonso Ferreira (Goiás) e Glauco José Côrte (Santa Catarina). O presidente da Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), Edilson Baldez, integra o Conselho de Representantes. Além de Baldez, a nova diretoria da CNI conta também com a participação do vice-presidente da Fiema, Francisco Sales, suplente do Conselho Fiscal da Confederação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui