Primeira pesquisa do Datafolha mostra Jair Bolsonaro com 16 pontos à frente de Haddad

0
928

O Datafolha divulgou nesta quarta-feira (10) sua primeira pesquisa as intenções de voto para presidente da República no segundo turno. O candidato Jair Bolsonaro (PSL), que aparece com 58% da preferência do eleitorado, tem uma vantagem de 16 pontos sobre Fernando Haddad (PT), que aparece com 42% dos ouvidos.

Os números referem-se apenas aos votos válidos, contagem que exclui brancos, nulos e indecisos como a Justiça Eleitoral faz no dia da eleição. Na eleição do primeiro turno, realizada domingo (07), Bolsonaro teve 46% dos votos válidos e Haddad, 29%, ou seja, o primeiro cresceu 13 pontos e o segundo, 13.

Segundo o Datafolha, foram ouvidas 3.235 pessoas em 227 municípios nesta quarta (10). A margem de erro do levantamento, contratado pela Folha e pela TV Globo, é de dois pontos para mais ou para menos.

Na contagem geral, Bolsonaro tem 49% dos votos totais e Haddad, 36%. Considerando-se a margem de erro de dois pontos, para mais ou para menos, o candidato do PSL teria de 47% a 51%, enquanto o petista de 34% a 38%. Brancos e nulos somam 8% e apenas 6% se declaram indecisos.

Como no primeiro turno, Bolsonaro só perde para Haddad no Nordeste, onde o petista tem 52% contra 32%. O deputado vence com folga no Sudeste (55% a 32%), mas seu melhor desempenho é no Sul (60% a 26%). Ele vence também no Centro-Oeste (59% a 27%) e no Norte (51% a 40%).

As mulheres dão menos apoio a Bolsonaro (42%) do que os homens (57%). Já o petista tem 39% entre mulheres contra 33% do eleitorado masculino.

Outro dado da pesquisa mostra que as pessoas mais ricas (62% nos segmentos entre 5 e 10 salários mínimos e acima de 10) e escolarizadas (58% de quem tem ensino superior). Haddad vai melhor no outro extremo, apoio de 44% de quem tem só o ensino fundamental e o mesmo índice entre os mais pobres (renda familiar média mensal até 2 salários mínimos).

 

A pesquisa foi encomendada pela Rede Globo e pelo jornal Folha de São Paulo. Ela foi registrada no TSE sob o número BR-00214/2018.

(Com dados da Folha de São Paulo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui