Região Nordeste é destaque no mercado varejista de aviamentos

0
117

Apesar das evoluções com a revolução digital, o comércio varejista de artigos de armarinho, também conhecido como bazar ou loja de aviamentos. São estabelecimentos que comercializam tudo relacionado à costura, mas também vendem roupas, artesanato e até mesmo fantasias, como as de Halloween, por exemplo.

O grande destaque é a região Nordeste do Brasil, com uma fatia correspondente a 32% do mercado: são mais de 34 mil empresas ativas. O Estado do Ceará concentra 26% desse total, e sua capital conta com 3,6 mil negócios.

No Brasil todo, segundo dados de uma das maiores empresas de inteligência de mercado, o Empresômetro, são mais de 107 mil negócios voltados a essa atividade, sendo fácil encontrar lojas com mais de 90 anos de atividade.

 

Das dez cidades brasileiras com mais empreendimentos relacionados ao varejo de armarinhos, o Empresômetro identificou que quatro delas estão localizadas no Nordeste. A tabela abaixo elenca essas cidades.

SÃO PAULO – SP 7.785
RIO DE JANEIRO – RJ 3.95
FORTALEZA – CE 3.635
BELÉM – PA 2.175
SALVADOR – BA 1.874
BELO HORIZONTE – MG 1.661
MANAUS – AM 1.139
BRASÍLIA – DF 1.115
RECIFE – PE 857
SÃO LUÍS – MA 816

 

A região Sudeste acumula 42% de todos os varejistas de armarinhos do país, com a capital do estado de São Paulo com mais de 7,7 mil negócios.

No Norte do país, Belém (PA) se destaca. Como se observa na tabela acima, são mais de 2 mil empreendimentos naquela capital.

Na região Sul temos Curitiba (PR) como a cidade com mais bazares ou lojas de aviamentos. São 630 empreendimentos com atuação em lojas físicas e no mercado digital.

“Mesmo com as mudanças tecnológicas, os bazares resistem pelos preços atrativos, localização privilegiada em centros e pontos de forte comércio e pelas vendas  online”, diz o CEO do Empresômetro, Otávio Amaral.

É uma atividade que vem crescendo, vide o número de empresas que foram abertas nos últimos seis anos.

Ano Empresas
2014 6.379
2015 8.669
2016 8.343
2017 9.941
2018 11.929
2019 10.906

 

O que chama atenção é o porte da maioria dessas empresas: 68,4% são microempreendedores individuais, 31,3% são formadas por pequenas empresas.

“Podemos perceber, pelo levantamento realizado pelo Empresômetro, que encontrar loja de armarinhos na maioria das cidades não é como encontrar uma agulha no palheiro. Elas existem, sobrevivem ao tempo e, muitas vezes, são negócios tradicionais de família, transmitidos por gerações”, destaca Amaral.

Empresômetro – O Empresômetro é uma empresa que oferece soluções de mercado B2B para toda empresa que almeja crescer com inteligência. Oferta soluções que utilizam a mais alta tecnologia da informação, garantindo segurança na tomada de decisão de gestores de grandes empresas, como também proporciona conhecimento de mercado para pequenas e médias empresas através da ferramenta online, Empresômetro Listas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui