Sabores do Maranhão agradam visitantes da Semana de Gastronomia no Rio de Janeiro

0
513
Raimundo Rodrigues (centro), Renata Fernandes e Igor Henrique comandaram o preparo do buffet durante os dias de evento

A gastronomia maranhense cativou os paladares dos visitantes do Restaurante-Escola do Senac Downtown no Rio de Janeiro nos dias 28 e 29 de novembro com a realização da Semana da Gastronomia Regional, evento voltado para dar visibilidade à culinária, turismo, artesanato e cultura dos estados participantes.

Os ingredientes, as receitas, os métodos de cozimento adotados no Maranhão foram mostrados por professores e alunos do Restaurante Escola Senac, do Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac). Para o consultor da presidência da Confederação Nacional do Comércio (CNC) e ex-ministro, Bernardo Cabral, uma das coisas mais valorosas que o Sistema Sesc-Senac faz é promover essa reunião da cultura brasileira desde 2016.

“O projeto aproxima o Brasil de todos nós, quem já participou deste evento como, por exemplo, o Amazonas e o Rio Grande do Sul sente o quanto é bom esse estreitamento. Ademais, quem visita um restaurante como esse consegue provar os melhores pratos da culinária brasileira com preço acessível. Dou meus parabéns ao Maranhão e à cozinha do estado”, assinalou.

Clientes aprovaram pratos servidos durante a Semana da Gastronomia do Senac

Além de um buffet com pratos que traziam as peculiaridades de ingredientes nativos do Maranhão, servidos nos dois dias de evento para mais de 250 pessoas, um ambiente decorado com itens regionais também promoveu a cultura do Estado. “Trabalhei no Maranhão alguns anos, e acho maravilhoso o Senac proporcionar esse festival para que outras pessoas também conheçam essa gastronomia riquíssima. Adorei o ambiente montado com a representatividade do estado”, salientou a médica Mirna Martinez.

A maranhense Maria Aquileia Pereira Lacerda, aposentada pelo Tribunal de Justiça, que reside no Rio de Janeiro há mais de 30 anos, participou pela primeira vez do evento e ficou animada com a oportunidade de relembrar o sabor da comida do Maranhão. “Fiquei maravilhada quando vi a gastronomia da minha infância aqui no restaurante, é muito especial o Senac proporcionar essas coisas maravilhosas do Nordeste e, principalmente, do meu estado, o Maranhão. Amei”, disse.

Entre os pratos servidos estavam a salada de abóbora com alho, arroz com toucinho, torta de caranguejo, galinha caipira com pirão, peixada maranhense, arroz com cuxá, patinhas de caranguejo com molho vinagrete, caruru maranhense, caldeirada de camarão e a tradicional farinha d’ água. Já para as sobremesas, o pudim de tapioca, o creme de bacuri e o rocambole com recheio de doce de cupuaçu fizeram sucesso com os consumidores.

Instrutores Igor Henrique e Renata Fernandes durante aula-show

Ainda como parte do evento, os instrutores de Educação Profissional e cozinheiros Raimundo Rodrigues, Renata Fernandes e Igor Henrique, ministraram aula-show com o objetivo de criar um espaço para aprendizado e troca de experiências entre alunos e egressos da Instituição, empresas pedagógicas, professores e parceiros do mercado gastronômico.

Renata Fernandes, que ministrou aula-show sobre o doce de espécie, iguaria típica de Alcântara, ressaltou a experiência adquirida com o evento e a possibilidade de transmitir o conhecimento adquirido para a sala de aula. “Foi interessante para todos nós participar de um evento fora do Maranhão, pois nos agrega muito enquanto profissionais e é um intercâmbio gastronômico. Essa vivência contribui de forma positiva para o nosso desenvolvimento profissional e nos dá mais bagagem para transmitir o conhecimento para os nossos alunos”, explicou.

O Maranhão participou pela terceira vez do evento que além de conquistar os paladares, disseminam conhecimentos e aprimoram os profissionais que participam do evento. No Restaurante Escola Senac Downtown do Rio de Janeiro, o evento acontece desde 2015 e já foram apresentadas ao público as culinárias dos estados de Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Santa Catarina.

(Com dados do Senac e fotos de Alexandre Brum)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui