Senar capacita produtores de abacaxi em São Domingos do Maranhão

0
859

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) capacitou, em São Domingos do Maranhão, 50 produtores rurais que cultivam abacaxi. Por dois anos, o órgão, com apoio do Sindicato dos Produtores Rurais do município prestou  assistência técnica e gerencial (ATeG) com o objetivo de transferir informações técnicas essenciais para a aplicação de tecnologias  nas áreas de plantio e gestão da propriedade.

Os produtores foram assistidos por dois agrônomos sob a supervisão do mestre em agroecologia especialista em abacaxicultura, Rozalino Aguiar,  que fez o acompanhamento e direcionamento de cada ação implantada no projeto. Para melhor observar a evolução das ferramentas tecnológicas utilizadas durante o período de assistência, foi determinado o cultivo de um hectare  de abacaxi pérola em cada propriedade, conforme as recomendações da equipe do Senar.

Insumos – Com o trabalho realizado, foi possível mostrar a importância da utilização de ferramentas simples e básicas que impactaram na qualidade do produto, como por exemplo, a adubação de fundação, a  escolha do tamanho das mudas, a  separação das áreas de plantio em talhões pelos tamanhos das mudas, a escolha da época  adequada de plantio, a utilização de insumos registrados para cultura e a importância da compra coletiva de insumos que leva à redução do custo de produção.

Outra iniciativa importante a ser destacada, foi a capacitação dos produtores por intermédio do programa Negócio Certo Rural (NCR), desenvolvido no estado pelo Senar em parceria com o Sebrae. O programa foi montado para envolver os produtores de abacaxi que aprenderam sobre a utilização de ferramentas simples de gestão, para desenvolver e melhor administrar  suas propriedades rurais.

De acordo com dados registrados pela equipe do Senar, em uma área de 1 hectare cultivada em sistema de fileira simples, com uma colheita de 30.774 frutos, obteve-se um lucro médio de R$ 1.844,56 comparado a uma área de fileira dupla com colheita de 36.608 frutas resultando em uma receita de R$ 29.286,40 com lucro médio de R$5.193,06.

Comparando-se o lucro de uma área em fileira dupla de um hectare de R$ 5.193,06 com uma área de 1 hectare em fileira simples com lucro de 1.844, 56 reais, pode-se concluir que o lucro do sistema de plantio em fileira dupla  e o que deve ser praticado, levando-se os melhores rendimentos por área para a cultura, pelo simples fato da maior quantidade de frutas produzidas.

Segundo o superintendente estadual do Senar, Luiz Figueirêdo, esse trabalho de assistência técnica e gerencial em São Domingos do Maranhão, frente aos abacaxicultores, permitiu a avanço considerável dessa exploração frutícola do Estado. “A assistência técnica e gerencial prestada pelo Senar, cria oportunidades para acesso a outros mercados, quase inimagináveis, como São Paulo, Minas Gerais e outros”, acentuou

SISTEMA DE PRODUÇÃO DENSIDADE

(plantas/ha)

FRUTOS PRODUZIDOS RECEITA BRUTA MARGEM BRUTA MARGEM LÍQUIDA LUCRO
FILEIRA SIMPLES 37.000 30.784 R$ 24.627,2 R$ 10.136,90 R$ 4.816,24 R$ 1.844,56
FILEIRA DUPLA 44.000 36.608 R$ 29.286,4 R$ 13.485,40 R$ 8.164,74 R$ 5.193,06
  • Preço simulado de venda: R$ 0,80
  • Perdas: 16,80%

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui