“Serei candidato a governador ou a senador”, diz Ricardo Murad após entrar no PRP

0
1065

AQUILES EMIR

Um dia após confirmar pelas redes sociais sua filiação ao PRP, o ex-secretário estadual da Saúde Ricardo Murad reuniu nesta quarta-feira (25) um grupo de jornalistas e blogueiros, em sua residência, no bairro do Olho d´Água, em São Luís, para anunciar os próximos passos após a saída do PMDB. Sem definir o cargo que pretende disputar em 2018, Murad disse que não pretende concorrer a deputado, nem estadual nem federal, mas está disposto a se candidatar a governador, senador ou vice-governador. “Serei candidato a cargo majoritário”, completou.

Segundo o ex-secretário, que já foi deputado (federal e estadual), presidente da Assembleia Legislativa, e membro da equipe do ex-governadores José Reinaldo Tavares (Gerante das Cidades) e Roseana Sarney (Saúde), é provável que Flávio Dino lidere, neste momento, as intenções de voto, mas ele não teria, neste momento, sequer 35%, ou seja, os candidatos de oposição reúnem mais votos do que ele, e isto define um segundo turno, quando, certamente, os eleitores de todos os candidatos de oposição irão votar naquele que irá para a disputa final com o atual governador, isto se não houver um segundo turno entre dois oposicionistas, pois tudo vai depender do desenrolar da campanha.

De acordo com o Ricardo Murad, antes de definir o cargo que irá disputar pretende abrir um amplo debate sobre a situação do Maranhão. É preciso, segundo ele, que se discuta o Maranhão de hoje e se aponte as saídas para o futuro. Do alto de sua experiência, que ele próprio avalia, como legislador e ocupante de cargos no Executivo, tanto estadual quanto no município de Coroatá, tem propostas para fazer o Maranhão avançar.

Ele disse que sua saída do PMDB era inevitável, mas não quis detalhar os motivos, e não teria a menor chance de pretender um cargo majoritário no partido porque há uma clara opção por Roseana Sarney para o governo, embora ela ainda esteja indefinida, e os candidatos a senador devem ser Edison Lobão e Sarney Filho.

Ele está convencido de que o senador Roberto Rocha (PSDB) é candidato a governador, assim como a ex-prefeita de Lago da Pedra Mauro Jorge (Pode), ou seja, está criado o ambiente do segundo turno, que se confirmará mais ainda com sua possível entrada na disputa. Qual destes irá ao segundo turno é um incógnita.

Ricardo Murad está convencido de que pode ser este candidato, pois duvida que os maranhenses não acreditem nos projetos que anunciará como prioritários, pelo histórico de grande realizador. Para ele, mais do que se lançar candidato é preciso cativar a população, e é isto que pretende fazer nos próximos meses.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui