Sondagem da Fiema indica recuperação do setor de construção civil

0
263

Após registrar significativa queda no mês de abril, a atividade da construção civil retomou o crescimento em maio e marcou 31,3 pontos, registrando um crescimento de 6,3 pontos em um mês. Os dados são da Sondagem da Indústria da Construção do Maranhão, pesquisa elaborada mensalmente pela Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O indicador do nível de atividade varia de 0 a 100. Abaixo de 50 indica queda na atividade, 50 estabilidade e acima de 50 aumento.

Dados do estudo apontaram que a Utilização da Capacidade Operacional (UCO) das empresas do setor evoluiu 14% e ficou na marca de 49% em maio. O número de empregados apresentou pequena variação positiva de 1,6 pontos, mas permanece em baixo patamar.

Apesar de pouco expressivos, os índices apresentam um cenário menos precário em relação ao que se cogitava com a significativa queda da atividade em abril. Desta forma, as projeções para os próximos seis meses foram mais otimistas, pois todos os índices de expectativa estabeleceram-se na casa dos 40,0 pontos, indicando uma tendência na melhora da percepção do setor para os períodos subsequentes, ainda que revestida de certa cautela.

Depreende-se desses dados que há uma correlação positiva entre os índices de evolução da atividade, da ocupação de mão de obra e de Utilização da Capacidade Operacional. Mas o patamar alcançado está ainda longe do equilíbrio desejado, sinalizando que os instrumentos de política para o segmento da construção pouco sensibilizaram os empresários.

Participaram desta edição da pesquisa empresas da Construção Civil do Maranhão de pequeno, médio ou grande porte, no período de 3 a 15 de junho.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui