Ubiratan de Castro é reconduzido ao cargo de grão-mestre da Grande Loja Maçônica

0
449

Ubiratan João de Castro, será reconduzido, neste sábado (20), ao cargo de Grão-Mestre da Grande Loja Maçônica do Estado do Maranhão (Glema), para qual foi eleito no mês de outubro de 2017. A cerimônia contará com a presença de vários membros da Maçonaria do Maranhão, assim como de outros estados e na oportunidade será celebrado o Tratado de Reconhecimento Mútuo com a Grande Loge Nationale Française (GLNF).

Em dezembro do ano passado, em Paris (França), a Grande Loge Nationale Française – GLNF reuniu-se para sua Comunicação Anual, espécie de Assembleia Geral do seu Povo Maçônico, para deliberar assuntos de interesse da Jurisdição, e apreciar as indicações do Grande Comitê de Reconhecimento, órgão responsável pela elaboração de parecer conclusivo quanto às Potências que reúnem condições para assinarem Tratados de Mútuo Reconhecimento com a GLNF.

A Grande Secretaria de Relações Exteriores da Glema, atendendo proposição da GLNF, encaminhou dossiê com informações que compõem a sua história, da fundação aos dias atuais, para instruir processo de Reconhecimento mútuo entre a GLNF e GLEMA. Inclusive registrando o fato de São Luís ser a única cidade Brasileira fundada por Franceses, sendo o nome da cidade  uma homenagem dada pelos Franceses ao Rei da França Luís IX, também chamada de São Luís.

No decorrer do segundo semestre de 2017, várias trocas de correspondências entre estas grandes lojas acenavam positivamente que as informações prestadas pela Glema eram suficientes para justificar a celebração do Reconhecimento Mútuo dessas Potências, o que foi ratificado pelo Convite Oficial da Grande Loja Nacional Francesa à Grande Loja do Maranhão para que comparecesse à sua Comunicação Anual/2017, em Paris, a fim de participar legalmente da cerimônia reservada às Potências Regulares e reconhecidas, com os protocolos previstos no cerimonial do evento.

Cem Potências Regulares participaram deste evento, que contou com representantes de todos os continentes, reunindo um universo superior a 3000 Maçons.

A dimensão desse reconhecimento mútuo (GLEMA e GLNF) é o resultado de um trabalho de 57 anos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui