Universidade e Prefeitura vão atuar para evitar inundações no entorno do Campus do Bacanga

0
163
A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e a Prefeitura Municipal de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos de São Luís, estão negociando uma parceria com vistas a beneficiar comunidade do Jambeiro, localizada ao lado da Cidade Universitária. O Objetivo é realizar ações preventivas para evitar alagamentos provocados pelo aumento do nível da água de uma das lagoas do campus, cujo escoamento em épocas de chuva afetava casas da comunidade.

“Estamos retomando essa parceria em prol do município, o que é muito importante. Tanto a Universidade quanto a Prefeitura têm interesse apoiar o entorno da instituição, em especial nesta ocasião ao bairro do Jambeiro, que está sofrendo com as chuvas. Essa operação técnica é em benefício para a população”, declarou o reitor da UFMA, Natalino Salgado.

O secretário Antônio Araújo, por sua vez, mencionou que uma das soluções possíveis é a instalação de uma bomba que poderá auxiliar no escoamento seguro das águas da lagoa em dias de subida de nível da água.

Secretário Antônio Araújo e reitor Natalino Salgado observaram necessidade de obras no entorno da Cidade Universitária (Agência UFMA)

“Vamos procurar uma forma de aliviar qualquer transtorno que tenha aquela comunidade. Uma das alternativas que estamos propondo é colocar uma bomba para dar conta do extravasamento da lagoa. Com isso, no dia da chuva não vai estar com lâmina d’água superior e aí evitar o alagamento naquela região. Vamos providenciar a mobilização das equipes, levantamento dos equipamentos, para fazer essa canalização dessa água” explicou.

Antônio Araújo também acrescentou que o assunto será tratado com urgência por conta do início do período da chuva no Maranhão. Segundo o reitor Natalino Salgado, a distribuição dos serviços entre a universidade e a prefeitura será definida após as análises das equipes técnicas.

Os dois fizeram uma visita à própria comunidade e conversaram com moradores para saber mais sobre os danos causados pelas enchentes, além de verificarem pontos de escoamento nas proximidades dos muros do Câmpus do Bacanga. O secretário e o superintendente de Infraestrutura da UFMA, Wener Teixeira dos Santos, também visitaram a lagoa do câmpus na ocasião.
Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação