Vale lança iniciativa para apoiar empregados a mudarem visão de carreira

0
396
A Vale lançou uma iniciativa para apoiar os empregados na transição rumo a um novo modelo de carreira, que não é mais baseado em promoções, mas sim no crescimento por meio da soma de experiências e desafios. O Centro de Carreira conta com ações como sessões de aconselhamento sobre o tema, feiras e palestras. O objetivo é fazer do empregado o protagonista da sua própria carreira, o que também deve trazer ganhos à empresa: aumento do engajamento e da retenção, estimulo à educação continuada e reforço da reputação positiva.
De acordo com o modelo tradicional presente na maioria das empresas, a carreira é percebida somente como um avanço de posições hierárquicas e o empregado espera que a empresa ofereça as oportunidades. Mas no mercado de trabalho atual a criação de novos postos de gerência tem sido mais rara e competências como multidisciplinaridade e colaboração vem ganhando espaço, o que valoriza as movimentações laterais e as experiências em diferentes áreas, funções e projetos.
Um estudo da consultoria internacional CEB aponta que o tempo que um empregado passa na mesma posição aumentou 30% desde 2010. Para nível de gerência, por exemplo, passou de 4,5 anos para 6,5 anos. Um total de 73% das empresas consultadas não pretende criar novos postos de gerência. Enquanto isso, 70% dos empregados estão insatisfeitos com as oportunidades de carreira que suas empresas oferecem.
“Uma cultura de carreira baseada em promoções é dirigida mais pela insatisfação do que pelas oportunidades e depende muito da disponibilidade de vagas”, explica a gerente-executiva de Educação e Gestão de Talentos, Desiê Ribeiro. “Já a cultura que estamos propondo é baseada nas oportunidades de crescimento e nas necessidades do negócio”.
Para lidar com esse cenário a Vale se inspirou nos centros de carreiras de universidades reconhecidas internacionalmente, que também foram adotados por algumas empresas no exterior, mas que é um modelo ainda inédito no Brasil.
As ações do Centro de Carreira da Vale foram desenhadas com foco na mudança do entendimento sobre carreira; no empoderamento dos empregados para gerenciarem suas escolhas; na parceria entre gestores e empregados em relação ao assunto; no aumento da visibilidade das oportunidades existentes; na vivência de experiências práticas de desenvolvimento; e na inspiração por meio de exemplos bem sucedidos.
O Centro de Carreira oferece: 
  • Aconselhamento de carreira – processo de desenvolvimento de carreira com base na orientação profissional. A empresa selecionou para serem conselheiros 30 empregados de diferentes níveis hierárquicos com experiência variada e que sejam altamente reconhecidos entre os colegas. Eles foram submetidos a um treinamento de dois dias com uma empresa internacional de RH que é referência nessa metodologia. O papel deles é ajudar o aconselhado a refletir sobre sua própria realidade e possibilidades de carreira, partindo da análise das suas necessidades, valores, propósitos, aptidões e aspirações. Os empregados podem se inscrever para até três sessões de aconselhamento – uma por mês. A orientação é que eles busquem aconselhamento para tratar de questões pontuais, o que o difere de um processe de mentoria, que é mais longo.
  • Feiras de carreira – eventos para ajudar os empregados a conhecerem as possibilidades de carreira dentro da empresa e diversificarem sua rede de relacionamento com os colegas. Terão duração de quatro dias. Estão sendo realizadas discussões com especialistas da própria Vale e do mercado. A primeira edição foi realizada na semana passada, no Rio de Janeiro. O dia de abertura foi dedicado a tendências, mercado e inovação. Nos dias seguintes foram discutidas diferentes áreas de conhecimento: suporte ao negócio; operação em mineração e logística; e sustentabilidade. Até o ano que vem serão realizadas feiras nos quatro estados onde a Vale opera: Minas Gerais, Pará, Maranhão e Espírito Santo.
  • Palestras e rodas de conversa – eventos conduzidos por palestrantes externos ou empregados da Vale. Estão sendo realizados em quatro cidades com transmissão ao vivo pela intranet da empresa. Os temas vão de tendências no mercado de trabalho a neurociência em favor da alta performance. Foi realizado também um debate com três universidades do Rio de Janeiro (UFRJ, PUC-Rio e FGV) sobre a relação entre carreira e profissão.
  • Carreira em movimento – iniciativa para dar visibilidade às vagas internas e às movimentações de carreira, em canais como a intranet da empresa.
  • Biblioteca de carreira – plataforma online que reúne conteúdo sobre o tema, como artigos, depoimentos de empregados, cursos, dicas de leitura, vídeos, entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui