Veja anuncia demissão de Carlos Decotelli do MEC, e presidente diz que ministro não quer ser problema para o governo

0
530

Marcada para esta terça-feira (30), a posse de Carlos Decotelli no Ministério da Educação foi adiada e pode até não ocorrer. O presidente Jair Bolsonaro estaria irritado com as revelações de inconsistência no seu currículo e pode desistir de sua posse.

“O presidente já procura um novo nome para o ministério. Infelizmente, a avaliação é de que não há como seguir com Decotelli. Se mente no currículo, pode mentir em tudo. Confiança é algo crucial”, disse um ministro à coluna Radar da revista Veja.

De acordo com o colunista Robson Boni, um novo nome será escrutinado com mais cuidado pelo Planalto, que não chegou a fazer as sondagens mais criteriosas sobre o currículo de Decotelli. Segundo o ministro ouvido pelo Radar, Bolsonaro manterá o critério técnico na escolha.

Em sua página no Facebook, o presidente disse que Decotelli não pretende ser um problema. Eis o teor da nota:

Desde quando anunciei o nome do Professor Decotelli para o Ministério da Educação só recebi mensagens de trabalho e honradez.

Por inadequações curriculares o professor vem enfrentando todas as formas de deslegitimação para o Ministério.

O Sr. Decotelli não pretende ser um problema para a sua pasta (Governo), bem como, está ciente de seu equívoco.

Todos aqueles que conviveram com ele comprovam sua capacidade para construir uma Educação inclusiva e de oportunidades para todos.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui