Jogando nas alturas, São Paulo é o único brasileiro a estrear com derrota na Copa Libertadores

0
402
Alexandre Pato fez o primeiro gol do São Paulo na Copa Libertadores 2020 (Créditos: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

Destoando dos demais brasileiros – Santos, Grêmio, Internacional, Athletico Paranaense, Flamengo e Palmeiras – que estrearam na fase de grupo com vitórias, o São Paulo começou a Copa Libertadores 2020. Nesta quinta-feira (05), em jogo realizado a 3800 metros de altitude, na cidade de Juliaca, no Peru, o tricolor foi superado, de virada, por 2 a 1 pelo Binacional, no Guillermo Briceño. Alexandre Pato fez o gol no duelo válido pela primeira rodada do Grupo D.

Em entrevista coletiva após a partida, o volante Tchê Tchê lamentou muito a derrota fora de casa. Todavia, ele projetou pronta recuperação em casa.

– Um duro golpe. Viemos aqui para sair com um bom resultado, que seria a vitória. Em nenhum momento pensamos nesse resultado. Não é arrogância, é confiança no trabalho. Perdemos pontos aqui. Agora vamos jogar diante da nossa torcida, em casa, para tentar recuperar – disse.

O gol da equipe brasileira foi ainda na etapa inicial. Aos 20 minutos, em um ataque veloz, Pablo cortou o marcador e acionou Pato, que dominou e chutou forte de perna direita. Mas, logo no início do segundo tempo, aos quatro, Marco Rodríguez deixou tudo igual. Mais tarde, aos 32, Arango chutou forte da entrada da área e não deu chances de defesa para Tiago Volpi.

O São Paulo volta a campo pela Libertadores na próxima quarta-feira (11), quando recebe a LDU-EQU no Morumbi, às 21h30 (de Brasília).

(Com informações da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação