Após conquistar Paulista e classificar Palmeiras na Libertadores, Luxemburgo cai porque perdeu para Coritiba

0
54
O técnico Vanderlei Luxemburgo, da SE Palmeiras, durante treinamento, na Academia de Futebol.

Técnico não resiste à pressão após tropeço em casa diante do Coritiba

LINCOLN CHAVES

A derrota por 3 a 1 para o Coritiba, em casa, nesta quarta-feira (14), custou o emprego de Vanderlei Luxemburgo no Palmeiras. O anúncio da demissão do técnico foi feito horas após a partida, em comunicado divulgado no site oficial do Verdão.

Luxemburgo assumiu o Palmeiras em meados de dezembro, com vínculo até o fim de 2021. A missão do técnico era trabalhar um elenco reformulado, com menor investimento financeiro e com maior aproveitamento de jogadores da base.

Jovens como os volantes Gabriel Menino (convocado à seleção brasileira) e Patrick de Paula e os atacantes Gabriel Veron e Wesley ganharam espaço.

Apesar da conquista do título paulista (que não vinha desde 2008) batendo o rival Corinthians na decisão, e de um aproveitamento superior a 61%, a quinta passagem de Luxemburgo pelo clube foi marcada por atuações irregulares. A sequência de três derrotas seguidas, para Botafogo, São Paulo e Coritiba, deixou a pressão em cima do técnico insustentável.

A derrota para o Coritiba deixou o Palmeiras na sétima posição, com 22 pontos, fora da zona de classificação à Libertadores.

Eis o comunicado do Palmeiras:

Vanderlei Luxemburgo não é mais o técnico do Palmeiras. Após a partida desta quarta-feira (14), a diretoria alviverde se reuniu na Academia de Futebol e decidiu pela não permanência do treinador no cargo. O Palmeiras agradece a Luxemburgo pelo trabalho desenvolvido em sua quinta passagem pelo clube, na qual conquistou o Campeonato Paulista de 2020.

(Agência Brasil)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação