Roseana Sarney lidera corrida ao Palácio dos Leões, segundo pesquisa do Instituto Escutec

0
2028

Ex-governadora já disse que é candidata, mas não definiu cargo

AQUILES EMIR

Se a eleição para governador fosse hoje, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) teria amplas chances de voltar ao Palácio dos Leões, segundo pesquisa Escutec divulgada neste sábado (27) pelo jornal O Estado do Maranhão. Ela, que já anunciou estar disposta a disputar um mandato em 2022, sem apontar qual, aparece como preferida dos eleitores nos dois cenários em seu nome foi incluído.

No primeiro cenário, com 12  possíveis candidatos a sucessor de Flávio Dino, o resultado foi o seguinte:

  • Roseana Sarney (MDB)-  23%
  • Weverton Rocha (PDT) – 14%
  • Edivaldo Júnior (PDT) – 13%
  • Carlos Brandão (PSDB) – 9%
  • Roberto Rocha (sem senador) – 8%.
  • Eliziane Gama (Cidadania ) – 03%
  • Wellington do Curso (PSDB) – 03%
  • Simplício Araújo (Solidariedade) – 02%
  • Márcio Jerry (PCdoB) – 1%
  • Lahesio Bonfim (PSL) – 1%
  • Felipe Camarão (DEM) – 1%
  • Josimar de Maranãozinho (PP) – 1%
  • Nenhum – 08%
  • Sã Sabe – 13%

Num segundo cenário, com apenas quatro candidatos, este é o resultados:

  • Roseana – 29%
  • Weverton Rocha – 20%
  • Carlos Brandão – 12%
  • Roberto Rocha – 11%.
  • Nenhum dos nomes apresentados somou 18% e não sabe ou não respondeu, 10%.

Num terceiro cenário, sem Roseana, este é o resultado:

  • Weverton Rocha – 25%
  • Carlos Brandão – 15%
  • Roberto Rocha – 13%
  • Nenhum –  30% e não sabe ou não respondeu somou 17%.

Senado – Na corrida para o Senado, o governador Flávio Dino (PCdoB) parece estar consolidado como candidato mais forte. Ele liderada com 51% uma disputa com Roberto Rocha (concorrendo à reeleição), que terá 21% e Josimar de Maranhãozinho, 8%.

Sem Flávio Dino nesta disputa, Roberto Rocha seria reeleito com 32% contra 15% do presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto(PCdoB), e 12% de Josimar de Maranhãozinho.

Nesta primeira pesquisa foram ouvidos 1,4 mil eleitores nos dias 20 a 25 de março. O intervalo de confiança é de 90% e a margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação