Acampamento em frente a quartel em São Luís desmontado e polícia protege o local

126

“Patriotas” deixam Praça Duque de Caxias em São Luís

AQUILES EMIR

Menos de 24 depois de o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ter determinado a desocupação das áreas em frente aos quarteis do Exército, em todo o Brasil, o acampamento montado em frente quartel do 24º Batalhão de Infantaria de Selva (BIS), em São Luís, foi desmontado. No local, agora uma viatura da Polícia Militar faz guarnição na área a fim de evitar a volta dos manifestantes.

O acampamento, na Praça Duque de Caxias, no bairro do João Paulo, foi instalado, assim como em diversas outras cidades do país, dia 31 de outubro, após o anúncio do resultado da eleição, com a vitória de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A expectativa dos manifestantes era uma possível reviravolta, com intervenção do Exército. Alguns mais exaltados exigiam até a interrupção da ordem democrática, para instalação de um regime de exceção.

Foram setenta dias de acampamento, até que neste domingo (08) os protestos ganharam grande dimensão, com invasão das sedes dos três poderes, em Brasília (DF), o que exigiu uma tomada de medida contra esse tipo de manifestação.

Mais de 1,5 mil pessoas foram presas, na capital federal, ônibus que fizeram o transporte de agitadores foram apreendidos; o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, foi afastado; e o ministro Alexandre de Moraes determinou a imediata desmontagem dos acampamentos.

Na praça onde os manifestantes se concentravam em São Luís ficaram para trás algumas caixas de papelão, com faixas, bandeiras e juma caixa de isopor, onde eram conservados alimentos e bebidas, alguma mobília precária de plástico e tijolos.

O governador Carlos Brandão (PSB) disse, nesta segunda-feira (09), antes do encontro com o presidente Lula, em Brasília, que tão logo fosse comunicado oficialmente da decisão do ministro do STF, deslocaria a Polícia Militar para o local.

Pelas redes sociais, ele comemorou nesta terça o resultado da desmobilização:

https://twitter.com/carlosbrandaoma/status/1612808885542297600?s=20&t=DAPRnJXOBQt7n0Sac_WjLw

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui