Agronordeste potencializa investimentos e ocupação no Médio Mearim maranhense

0
103
Cliente Luís Pinheiro, da cidade de Bacabal (MA), foi beneficiado com recursos do Agronordeste nas atividades de pecuária e comércio

Em 2020, região recebeu R$ 93 milhões em investimentos pelo Agronordeste, mantendo ocupação de mais de 7,8 mil pessoas

As aplicações do Banco do Nordeste, no âmbito do Programa Agronordeste no Maranhão, somaram R$ 93 milhões em 2020, distribuídos em diversas atividades produtivas que geraram ou mantiveram ocupação a mais de 7,8 mil pessoas na região do Médio Mearim maranhense. Lançado em 2019 pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), o Agronordeste é um plano de ação que objetiva impulsionar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural da Região Nordeste.

Os dados são resultados de pesquisa do Escritório Técnico de Estudos Econômicos do Nordeste (Etene), do BNB, que apontou, ainda, que por meio do Agronordeste, os recursos oriundos do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) foram aplicados no território Médio Mearim em sua maioria na pecuária, que recebeu o volume de R$ 46,8 milhões, o equivalente a 50,2% do total investido. Ao longo do ano de 2020, também foram beneficiadas as atividades de comércio, com R$ 31 milhões, serviços, com R$ 8,4 milhões, agricultura, com R$ 4,2 milhões, além da indústria, que recebeu R$ 2,2 milhões e agroindústria, com total de R$ 390 mil.

Os investimentos do Agronordeste na região do Médio Mearim maranhense totalizaram, ainda, R$ 118,4 milhões de Valor Bruto da Produção (VBP) e R$ 75,6 milhões em Valor Agregado/Renda, contribuindo com R$ 19,3 milhões em salários e R$ 6,3 milhões em tributos arrecadados dentre os municípios atendidos.

O território do Médio Mearim do Maranhão compreende os municípios de Bacabal, Bom Lugar, Lago Verde, Olho D’água das Cunhãs, São Luís Gonzaga do Maranhão, São Mateus do Maranhão, Pedreiras, Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Igarapé Grande, Lago do Junco, Lago dos Rodrigues, Lima Campos, Poção de Pedras, São Raimundo do Doca Bezerra, São Roberto, Trizidela do Vale, Pio XII, Satubinha e Santo Antônio do Lopes.

Região Nordeste – Em toda a área de atuação do Banco do Nordeste, o volume de recursos investidos por meio do Agronordeste chegou a R$ 3,38 bilhões, gerando novas ocupações ou mantendo as já existentes para 132.872 pessoas. Os impactos do programa abrangeram o total de 230 municípios, dos nove estados do Nordeste e do norte de Minas Gerais e do Espírito Santo, que constituem área de atuação do Banco.

Os investimentos do Agronordeste totalizaram, ainda, R$ 4,50 bilhões em Valor Bruto da Produção (VBP), R$ 2,45 bilhões em Valor Agregado/Renda, R$ 663,70 milhões no aumento de salários e R$ 487,20 milhões em tributos arrecadados, se considerada toda a Região.

O estudo do Etene revela que, dentre todas as atividades financiadas, a pecuária foi aquela com maior percentual na geração/manutenção de empregos e alcançou 62,78% do total. Já a infraestrutura, caracteristicamente mais intensiva em capital, atingiu 46,61% do VBP; 42,48% do Valor Agregado/Renda; 38,76% no volume de salários e 68,98% na geração total de tributos.

Em termos nacionais, os investimentos realizados no programa impactaram em R$ 12,95 bilhões no VBP, R$ 6,59 bilhões no Valor Agregado/Renda, R$ 2,05 bilhões no montante de salários e R$ 1,30 bilhão na geração de tributos. A geração ou manutenção de ocupações, no país, beneficiou 227,09 mil pessoas.

Ao longo do ano anterior, foram beneficiados 15 territórios por meio do Agronordeste: Médio Mearim, no Maranhão; Alto Médio Canindé, no Piauí; Sertões do Crateús e Inhamuns e Vale do Jaguaribe e Quixeramobim, ambos no Ceará; Vale do Açu, no Rio Grande do Norte; Cariri da Paraíba, na Paraíba, e Moxotó, em Pernambuco; Araripina, também em Pernambuco; Batalha, em Alagoas; Sergipana do São Francisco, em Sergipe; Irecê, Jacobina e Feira de Santana, os três na Bahia; Januária e Salinas, em Minas Gerais; e Meio-Norte Capixaba, no Espírito Santo.

O estudo completo do Etene pode ser acessado pelo link bnb.gov.br/etene/avaliacao-de-politicas-e-programas.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação