Além de Erlanio ou Fábio, Braide será declarado presidente de honra da Famem

0
341

Apesar do caráter simbólico, cargo dá visibilidade política ao seu ocupante 

AQUILES EMIR 

Além de Erlanio Xavier (PDT) ou Fábio Gentil (Republicanos), que batem chapa nesta quinta-feira (14) na eleição da nova diretoria da Federação dos Municípios do Maranhão (Famem), Eduardo Braide (Podemos) também será declarado presidente. Reza a tradição da entidade que o gestor da capital será o seu presidente de honra.

Apesar de ser um cargo simbólico, trata-se de uma posição que pode dar projeção política estadual a seu ocupante, o que casa perfeitamente com os planos de Braide de um dia chegar ao Palácio dos Leões, quem sabe na eleição de 2026.

Apesar desta posição destacada que pode dar grande visibilidade, nos últimos anos os prefeitos da capital não tiveram muito empenho para se juntarem aos seus colegas do interior, o que certamente não será repetido pelo atual.

A expectativa, portanto, é que haja um forte engajamento de Eduardo Braide nas ações da Famem, até porque, mesmo não participando da disputa de 2022, será um apoio desejado, mas para que possa exercer alguma influência, precisa de maior proximidade dos demais gestores.

A eleição da Famem vem sendo motivo de intensos debates políticos, principalmente em razão dos apoios que os candidatos receberam, o que leva alguns tratarem como um teste para a disputa do próximo ano..

Erlanio Xavier é o preferido do senador Weverton Rocha (,PDT) e Fábio Gentil, do vice-governador Carlos Brandão (Republicanos), governador em exercício. Weverton e Brandão são pretensos candidatos à sucessão de Flávio Dino (PCdoB), e mesmo pertencendo ao time de aliados vêm se bicando desde as eleições municipais.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação