Alemanha quer maior aproximação com empresas do Maranhão

0
644

Em visita à Federação das Indústrias do Maranhão (Fiema), nesta quarta-feira (31 de janeiro), a cônsul geral da Alemanha para o Nordeste, Maria Könning, e o cônsul honorário da Alemanha em Fortaleza (CE), Hans-Jürgen Fierge, manifestaram desejo de uma maior aproximação com o empresariado maranhense a fim de abrir o mercado alemão e, consequentemente, o europeu para as empresas locais.

Eles foram recebidos pelo presidente da entidade, Edilson Baldez, e por membros da diretoria da Federação: Celso Gonçalo, Cirilo Arruda, Pedro Robson, Alexandre Ataíde, Cláudio Azevedo, João Batista Rodrigues e do diretor regional do Serviço Nacional de Aprendizagem Industria (Senai) e  superintendente do Instituto Euvaldo Lodi (IEL), Marco Moura Silva.

A visita teve como objetivo estabelecer parcerias nas áreas da educação e pesquisa científica, além de possibilitar a abertura do mercado maranhense para investidores daquele país.

Maria Könning aproveitou o encontro para convidar a Fiema para participar da 36ª edição do Encontro Econômico Brasil-Alemanha (EEBA), que em 2019 será realizado em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

Para Könning, o evento é uma oportunidade para o Estado apresentar as várias potencialidades ao empresariado alemão. “Convido o Estado do Maranhão para esse encontro, para chamar a atenção do empresário alemão para o Nordeste e para o Maranhão”.

Segundo ela, o Maranhão é uma região de potencial enorme. “Os empresários da Alemanha precisam descobrir para investir mais aqui e no Nordeste”, acrescentou após assistir a um vídeo institucional sobre o estado.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação