Alunos do Sesi e Senai conquistam prêmios em Concurso Cultural do Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas

0
136

Estudantes são de escolas de São Luís, Rosário, Bacabal e Imperatriz  

Usando de muita criatividade para falar de um tema sério e que precisa cada vez mais ser discutido dentro e fora da sala de aula: o Bulling. Assim, alunos da rede de educação do Serviço Social da Indústria (Sesi) e do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) do Maranhão participaram e conquistaram os primeiros lugares nas categorias de desenho, frase, redação e vídeo do Concurso Cultural do Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas/Canpat , que premiou, nesta quinta (02), os vencedores.

O evento contou com a presença do superintendente regional do Trabalho no Maranhão (SRTb-MA), Álvaro da Assunção Melo Veloso; da 2ª secretária da Fiema, Leonor de Carvalho; da assessora da Coordenadoria de Educação Tecnológica e de Inovação do Senai, Luciana Ferreira; da coordenadora de Educação do Sesi, Vanda Marli, além de gerentes das escolas, alunos e professores orientadores dos  premiados.

Álvaro Veloso destacou que anualmente os acidentes de trabalho vêm aumentando e há a necessidade de formação básica nas escolas para mudar essa cultura.

Alunos do Senai que conquistaram premiação no concurso cultural do CANPAT 2021

Senai – Os alunos do Senai, Rulio Jordan Barros Borges (São Luís), Davinildo Gonçalves Santos (Rosário) e Kauã Dioni Sousa Silva (Imperatriz), conquistaram, respectivamente, o 2º lugar na categoria redação, 1º lugar e 3º lugar na categoria vídeo do Concurso Cultural.

Para Kahã Silva, a motivação em participar do concurso foi o bulling. “Muitas pessoas não levam a sério esse tema e tratam com brincadeira, mas sabemos que, na verdade, muitas crianças sofrem com isso e acaba gerando problemas futuros para suas vidas”.

Davinildo Santos, aluno de Aprendizagem Industrial em Gestão do Senai de Rosário, ganhador da categoria vídeo, não esconde a surpresa de ganhar o 1º lugar. “Mostramos o nosso trabalho e agradeço a equipe por poder discutir esse tema, que ao meu ver, foi muito bacana. Tivemos um grande apoio da nossa instrutora, Josilene Mós”.

Já Rulio Jordan Borges, do curso de Aprendizagem Industrial em Assistente Administrativo, da modalidade EAD, do Senai do Monte Castelo, que conquistou o segundo lugar na categoria redação, destacou também, a pertinência do tema. “Reforço a importância de se trabalhar mais o tema, não só nas escolas, mas na própria sociedade.”

A assessora da Coordenadoria de Educação Profissional, Tecnologia e Inovação, Luciana Ferreira, “ratificou a importância do tema discutido, pois o bullying está presente no nosso cotidiano, e é vivenciado no ambiente escolar, no trabalho, dentre outros, causando baixa autoestima, ansiedade, dificultando nas relações pessoais, na vida em sociedade, afetando a carreira profissional e pessoal. É preciso detectarmos esse comportamento abusivo, para combatermos essa violência nas escolas, formando cidadãos para uma vida laboral e pessoal saudável”. Falou ainda, que o SENAI desenvolve ações no sentido de conscientizar os seus alunos sobre os malefícios causados pelo bullying.

A coordenadora de Educação do Sesi, Vanda Marli com o superintendente do trabalho Álvaro Veloso

Sesi  – As alunas  Maria Cecília Santos Mendes e Caroline William Gomes Amorim, do Sesi de Bacabal, e Ana Izea Sousa Gama, do Sesi de Imperatriz, foram respectivamente, agraciadas com 2º lugar na categoria desenho, 3º lugar na categoria frase e 1º lugar na categoria frase do Concurso Cultural. Todas as alunas foram representadas pela coordenadora de Educação do Sesi, Vanda Marli.

“Resolvemos abordar o bullying com atividades diversas por entender que esse momento no qual a sociedade passa é necessário trabalharmos com o nosso olhar atento à vida dos nossos alunos que passam por inúmeros conflitos psicológicos nessa fase”.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação