América de Minas assume liderança da Série B após golear o Figueirense

0
552

O América de Minas é o novo líder da Série B do Campeonato Brasileiro. Pelo menos até o complemento da 16ª rodada da competição, que começou nesta sexta-feira (21). Jogando em casa, o Coelho bateu o Figueirense por 4 a 2 e subiu para a primeira posição – para seguir no topo, o time mineiro tem que torcer contra Guarani e Juventude, que jogam no sábado. Outros três jogos foram realizados nesta noite. O Goiás venceu o Ceará por 1 a 0, no Castelão, enquanto Santa Cruz e Boa Esporte empatara em 1 a 1, assim como Luverdense e Paraná.

De olho na liderança da competição, o América-MG entrou em campo sem tomar conhecimento do Figueirense, que buscava a vitória para tentar escapar da zona de rebaixamento. Melhor em campo, o Coelho abriu o placar no Independência aos 15 minutos, quando Bill tocou para Norberto bater firme: 1 a 0. Três minutos depois, Luan completou cruzamento e marcou o segundo. Aos 31, Bill aproveitou falha do time catarinense na saída de bola e passou para Ruy chutar no ângulo: 3 a 0. Na volta do intervalo, o Figueira entrou pressionando e, depois de algumas chances, descontou aos 12 minutos. Luidy cruzou da esquerda e o estreante Nicolas Careca marcou seu primeiro gol com a camisa alvinegra. O América ampliou aos 29, quando Messias aproveitou cobrança de escanteio e marcou de cabeça. No último lance do jogo, Henan cobrou pênalti e diminuiu para o Figueirense.

Com a vitória por 4 a 2, o Coelho subiu provisoriamente para a liderança, com 30 pontos, e agora torce para Guarani e Juventude não vencerem seus respectivos jogos neste sábado (22). O Figueirense, com 16 pontos, se complicou: desceu para o 18º lugar.

Precisando da vitória para se afastar da tão temida zona de rebaixamento, o Goiás visitou o Ceará, no Castelão, e alcançou o objetivo. Após um primeiro tempo bem disputado, com boas chances para os dois lados, as redes balançaram na volta do intervalo. Aos nove minutos do segundo tempo, Carlinhos cobrou falta de fora da área, e Alex Alves subiu para marcar o gol da vitória esmeraldina por 1 a 0. Com o resultado, o Goiás subiu para o 12º lugar, com 20 pontos (três à frente do primeiro time dentro do Z-4). O Vozão, com 22, desceu para a nona posição.

Na Arena Pernambuco, o Santa Cruz entrou em campo buscando o G-4 e abriu o placar aos 43 minutos do primeiro tempo diante do Boa Esporte. Após cruzamento na área, João Paulo apareceu para cabecear e colocar o time da casa na frente. Pressionando bastante, o Boa chegou perto do empate na cobrança de falta de Reis, que bateu na trave. Depois, aos 25 minutos do segundo tempo, Thaciano subiu sozinho após cobrança de escanteio e, de cabeça, deixou tudo igual: 1 a 1. Com 23 pontos, o Santa Cruz está na oitava posição, enquanto o Boa Esporte, com 21, aparece em 11º lugar.

Luverdense e Paraná também empataram em 1 a 1. No Estádio Passo das Emas, os times fizeram um primeiro tempo equilibrado. Apesar de trabalhar bem nos contra-ataques, nenhum criou muitas chances de gol. Até que, aos 16 minutos, Pablo aproveitou cobrança de cabeça e abriu o placar para o Luverdense. Aos 27, o time da casa teve o zagueiro Negrete expulso e viu o visitante pressionar.

Na volta do intervalo, o time tricolor conseguiu o empate aos 12 minutos. Na entrada da área, Robson achou Alemão, que arriscou para o gol. A bola desviou na marcação e enganou o goleiro Diogo Silva: 1 a 1. Com um jogador a mais, o Paraná seguiu dominando o jogo, mas não conseguiu a virada. O resultado não foi muito positivo para nenhum dos times. O Luverdense, c om 17 pontos, segue na zona de rebaixamento – agora ocupa o 17º lugar. O Paraná, com 21, permanece na décima posição.

(Da CBF e foto de Mourão Panda/Site oficial do América)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação