América empata com Paraná e mantém-se na vice-liderança da Série B do Brasileiro

0
552

Dois jogos realizados na noite deste sábado (21) encerraram a 31ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Em confronto direto dentro do G-4, América-MG e Paraná empataram em 1 a 1, no Independência. E, no Passo das Emas, o Goiás derrotou o Luverdense por 2 a 1.

Em Belo Horizonte, América-MG e Paraná empataram com dois gols de pênaltis e mantiveram as posições no G-4. O Coelho é vice-líder, com 56 pontos, enquanto o Tricolor é o quarto colocado, com 53. O Paraná marcou no primeiro tempo, na cobrança de João Pedro. Aos 22 minutos da etapa complementar, Bill deixou tudo igual para o time mineiro: 1 a 1.

O último confronto da rodada foi entre times que brigam na parte baixa da tabela: Luverdense e Goiás. O time goiano abriu o placar no Passo das Emas logo aos nove minutos de jogo, com Alex Alves. Motivado por sair na frente, o visitante embalou e marcou o segundo aos 19, com Aylon. Precisando reverter a situação, o mandante descontou três minutos depois, com Moacir. Com a vitória por 2 a 1, o Goiás chegou aos 41 pontos, se distanciando da zona de rebaixamento, na décima posição. A equipe do Mato Grosso, com 35, segue em 17º lugar.

Liderança – No Heriberto Hülse, em Criciúma (SC), o Internacional saiu na frente logo aos seis minutos do primeiro tempo após Leandro Damião cruzar da direita para Eduardo Sasha. O atacante dividiu com Maicon Silva, que marcou contra. Pressionando, o Colorado ampliou aos 15 após D’Alessandro cobrar falta na cabeça de Víctor Cuesta: 2 a 0. O Criciúma reagiu e descontou aos 32, com Edson Borges, que marcou após cobrança de falta de Alex Maranhão.

Na volta do intervalo, Silvinho empatou de pênalti. O jogo seguiu movimentado e, aos 38, o Inter garantiu a vitória com gol de Carlos: 3 a 2. Com 61 pontos, o Internacional segue no topo da Série B, enquanto o Criciúma, com 42, ocupa o nono lugar.

No Serra Dourada, em Goiânia (GO), Vila Nova e Oeste disputaram um confronto direto de olho no G-4. Ainda com chances de garantir o acesso, os times travaram um duelo equilibrado e empataram em 0 a 0. No primeiro tempo, o Vila teve boas chances com Bruno Prado e Alípio, por exemplo, enquanto a equipe paulista investiu nos contra-ataques, mas teve sua melhor chance em chute de longe de Raphael Luz. O ritmo seguiu o mesmo no segundo tempo, com os goianos levaram mais perigo ao gol. Mesmo com um a menos desde os 24 minutos, o Oeste segurou a pressão e o placar não foi alterado. O Vila é o quinto colocado, com 51 pontos, seguido do Oeste, com 49.

Jogando em casa, no Estádio do Café, o Londrina marcou duas vezes no primeiro tempo e venceu o Paysandu por 2 a 0. Logo aos dois minutos, Negueba aproveitou falha da zaga adversária e não desperdiçou a chance de abrir o placar. Depois, aos 13, Artur avançou em contra-ataque e tocou para Carlos Henrique ampliar. No segundo tempo, o Papão criou boas chances, mas sem sucesso nas finalizações. O Tubarão ainda teve oportunidade de ampliar na cobrança de pênalti de Germano, que chutou na trave. Com 46 pontos, o Londrina agora ocupa o sétimo lugar, enquanto o Paysandu desceu para a 13 posição, com 38.

No Bento Freitas, Brasil e Santa Cruz empataram em 1 a 1. João Ananias abriu o placar para o Santinha aos 29 minutos do primeiro tempo, e Marion deixou tudo igual par ao Xavante, de pênalti. Com o resultado, o time gaúcho aparece na décima posição, com 39 pontos, enquanto o pernambucano permanece no 18º lugar, com 31.

(Da CBF)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação