América garante acesso à Série A e o Náutico é mais um rebaixado para a Série C

0
357

O América de Minas Gerais foi o primeiro time da Série B a garantir seu retorno à Série em 2018, ao vencer, na tarde deste sábado (11), o Figueirense por 2 a 1, em jogo pela 35ª rodada, e garantiu matematicamente a vaga na elite do futebol nacional na próxima temporada.

No Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), o América entrou em campo precisando apenas da vitória para garantir o acesso antecipado à Série A e logo no primeiro minuto o zagueiro Rafael Lima aproveitou a cobrança de escanteio na área abriu o placar. Aos 25 minutos, foi a vez do Figueirense aproveitar a bola parada. Jorge Henrique ganhou no alto após cobrança de falta e deixou tudo igual. Já no apagar das luzes do primeiro tempo, na marca dos 48, Bill recebeu na frente e rolou para Gérson Magrão, que tocou a bola para trás. O lateral Giovanni chegou finalizando e mandou de cabeça para o fundo da rede. Na etapa final, nada de gols e festa mineira.

O América chegou a 66 pontos, assumiu a liderança da Série B e agora luta pelo título da competição. O time mineiro conseguiu retornar à Série A na temporada seguinte ao rebaixamento. O Alvinegro catarinense tem 43 e agora é o 13º colocado.

No Dilzon Melo, em Varginha (MG), Boa Esporte e Santa Cruz-PE fizeram um jogaço de seis gols. Os mineiros levaram a melhor, com vitória por 4 a 2. O time da casa saiu na frente aos 14 minutos, com Rodolfo cobrando pênalti. No lance seguinte, Ricardo Bueno deixou tudo igual e as equipes foram com o empate para o intervalo. Na etapa final, os mineiros voltaram melhores e, aos 18, Rodolfo recebeu na pequena área e deixou o time da casa na frente novamente. Quatro minutos mais tarde, Rodolfo cobrou novo pênalti e fez o terceiro. Aos 34, Wesley fez o quarto do Boa. Três minutos depois, Grafite fez mais um para o Cobra Coral e deu números finais ao duelo. O Boa Esporte foi a 43 pontos e subiu para o 15º lugar. O Santa tem 33 e está na 18ª colocação.

Na Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata (PE), o Londrina saiu na frente do Náutico aos 42 minutos de bola rolando. Lucas Ramon desceu pela direita e deu ótimo passe para Carlos Henrique na área. O atacante encarou a marcação e soltou a bomba, sem chances para o goleiro Jeferson. Na etapa final, logo aos cinco, Aislan cobrou falta com perfeição e deixou tudo igual no marcador. Já no apagar das luzes, quando o empate parecia encaminhado, aos 46, Arthur foi derrubado na área e o árbitro marcou o pênalti. Germano foi para a bola e garantiu o triunfo do Tubarão por 2 a 1.

O Londrina foi a 55 pontos com a vitória e subiu para a sexta colocação. O Náutico segue com 31, na 19ª colocação, e está rebaixado para a Série C na próxima temporada.

No Serra Dourada, em Goiânia (GO), Goiás e Ceará ficaram no empate em 0 a 0. O Vozão foi a 60 pontos com o empate e segue na terceira posição da tabela de classificação da Série B. O Esmeraldino chegou a 44 e agora é o 11º colocado da competição.

No Brinco de Ouro da Princesa, em Campinas (SP), o Guarani saiu na frente do placar aos 29 minutos. Luiz Fernando aproveitou a falha da defesa alagoana e bateu rasteiro. A bola entrou no canto esquerdo e superou o goleiro Edson Kolln. Cinco minutos depois, Diego cobrou falta na área e o zagueiro Flávio Boaventura, livre, deixou tudo igual de cabeça. Já nos instantes finais da partida, quando o empate parecia encaminhado, aos 46, Bruno Mendes entrou na área em velocidade após falta alçada na área e garantiu o triunfo campineiro. O Bugre foi a 43 pontos e se afastou um pouco da zona de rebaixamento, subindo para o 14º lugar. O CRB tem um ponto a menos e está na 16ª colocação.

Na Curuzu, em Belém (PA), Ednei abriu o placar para o Brasil de Pelotas após falha do goleiro Emerson aos 23 minutos do primeiro tempo. O Papão buscou o empate antes do intervalo. Bergson completou de cabeça a cobrança de falta de Guilherme Santos na marca dos 45. Na etapa final, o Brasil recuperou a vantagem com Cassiano. Aos 13 minutos, o atacante só completou cruzamento de Misael. Após 15 minutos de paralisação por conta de um problema na energia do estádio, o jogo foi reiniciado aos 45 e, no minuto seguinte, Cassiano pegou rebote de chute do meia João Afonso e ampliou a vantagem gaúcha. Já na marca dos 59, Juninho descontou para o Papão, mas não houve mais tempo para evitar a derrota paraense.

O Papão tem 45 pontos e é o 11º colocado da Série B do Campeonato Brasileiro. O Xavante alcançou a mesma pontuação com a vitória e está uma posição acima do adversário desta noite, com uma vitória a mais.

(Com dados da CBF e fotos de Daniel Hott / América e do site do Guarani)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação