Ana Paula Lobato é empossada no Senado em substituição a Flávio Dino

109

Três suplentes assumem em substituição a ministros

O Senado tem três novos senadores a partir desta quinta-feira (02). São suplentes que tomaram posse, substituindo titulares que se licenciaram para assumir cargos no Executivo.

Ana Paula Lobato (PSB-MA) entrou no lugar de Flávio Dino (PSB-MA), que está no comando do Ministério da Justiça e Segurança Pública; Augusta Brito (PT-CE) substitui Camilo Santana (PT-CE), convidado pelo presidente Lula para o Ministério da Educação; e Fernando Farias (MDB-AL) assume a vaga de Renan Filho (MDB-AL), novo ministro dos Transportes.

Em cerimônia na Presidência do Senado, os parlamentares prestaram compromisso e assinaram o termo de posse. Eles prometeram guardar a Constituição Federal e as leis do país; desempenhar fiel e lealmente o mandato conferido pelo povo; e sustentar a união, a integridade e a independência do Brasil.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, informou que na próxima sessão plenária vai garantir a eles a palavra para que possam fazer seus primeiros pronunciamentos.

Ana Paula Lobato – A senadora Ana Paula Lobato afirmou que pretende dedicar o mandato a causas ligadas às mulheres, à saúde e à educação.

Empossada, Ana Paula Dias Lobato Nova Alves, de 37 anos, é a mais jovem senadora da Casa. Casada com o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto (PCdoB), tem dois filhos.

Enfermeira e empresária do ramo de aluguel de equipamentos e máquinas para construção, é também vice-prefeita de Pinheiro, município da Baixada Maranhense onde passou sua infância e adolescência. Em janeiro do ano passado, ela assumiu a prefeitura durante o afastamento de Luciano Genésio por determinação do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

Ela preside o Grupo de Esposas de Deputados do Estado do Maranhão, associação filantrópica.

Augusta Brito – Augusta Brito de Paula tem 46 anos, natural de Fortaleza, tem formação em enfermagem e direito. Foi prefeita de Graça, no noroeste do Ceará, durante dois mandatos, de 2004 a 2008, e de 2008 a 2012. Encerrou em 2022 o segundo mandato de deputada estadual. Foi a primeira mulher líder do governo na história da Assembleia Legislativa do Ceará.

Em 2012, foi nomeada secretária de Educação de São Benedito (CE). Dois anos depois, foi eleita deputada estadual, e reeleita em 2018. Na Assembleia Legislativa, tornou-se procuradora Especial da Mulher.

Como deputada presidiu também o Comitê de Estudos de Limites e Divisas Territoriais do Ceará (Celditec), da Assembleia Legislativa.

Fernando Farias – O empresário Fenando Farias (MDB), 70 anos, nunca ocupou cargo político. Atua no ramo de produção de açúcar, álcool, aguardente e bioeletricidade, gerada a partir da moagem do bagaço de cana.

É um dos executivos do Grupo Carlos Lyra, com sede em Maceió, que possui cinco usinas produtoras nos estados de Alagoas, Goiás e São Paulo. Também é proprietário de um shopping center no município de Delmiro Gouveia, no sertão alagoano.

Retorno – Também entrou em exercício nesta quinta-feira Margareth Buzetti (PSD-MT), no lugar de Carlos Fávaro (PSD-MT). Ela já havia substituído o parlamentar no ano passado e agora reassume, depois que Fávaro foi nomeado ministro da Agricultura.

(Com informações da Agência Senado)

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui