Morre o goleador e ex-presidente do Vasco da Gama Roberto Dinamite

39

Idolo vascaino estava com 68 anos

Morreu neste domingo (08), Carlos Roberto de Oliveira, o Roberto Dinamite. Nascido em 1954, o ex-jogador de futebol faleceu aos 68 anos de um câncer no intestino, descoberto em 2021. Dinamite deixa quatro filhos.

Em dezembro, uma foto no Instagram do ex-jogador gerou repercussão, na qual comemorava a companhia da neta: “felicidade dupla estar em casa e assistir a vitória do Vasco. Como é bom receber esse abraço, Valentina.”

Ídolo do Vasco da Gama, ele foi jogador do clube durante a década de 70, 80 e 90, onde encerrou a carreira e jogou por 21 dos seus 22 anos como atleta.

Maior goleador da história do Vasco, é também o maior artilheiro da história do Campeonato Brasileiro e do Campeonato Carioca. Além disso, Dinamite foi o atleta com mais jogos disputados e maior artilheiro do Estádio de São Januário. Junto com Pelé e Rogério Ceni, ele é o único jogador do futebol brasileiro a ter mais de mil jogos por uma equipe.

O ex-jogador também foi eleito deputado estadual do Rio de Janeiro pelo PMDB por cinco mandatos consecutivos, além de ter sido presidente do clube entre 2008 e 2014.

(Fonte: Super Rádio Tupi)

A Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) emitiu nota lamentando a morte do líder vascaino:

“O futebol brasileiro chora a morte de Roberto Dinamite, o maior ídolo do Vasco e maior artilheiro da história do Campeonato Carioca. A Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro lamenta a perda do eterno camisa 10 vascaíno e se solidariza com familiares, amigos, fãs e torcedores vascaínos.

A FERJ, além de decretar luto, determina a realização de um minuto de silêncio nos jogos da primeira rodada do Campeonato e batizará o troféu de artilheiro do Carioca de 23 com o nome do aior deles: Roberto Dinamite”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui