Aos 75 anos, morre em Santos um dos maiores ídolos do futebol brasileiro, Coutinho

0
564

Morreu nesta segunda-feira (11), aos 75 anos de idade, o ex-jogador de futebol Antônio Wilson Vieira Honório, mais conhecido como Coutinho, lendário parceiro de Pelé no ataque do Santos Futebol Clube. Ele foi o terceiro maior artilheiro da história da equipe, com 368 gols em 457 partidas disputadas pelo clube.

Um 7 a 1 no sábado à noite
Coutinho (D) com Pelé e Pepe formam o trio de ataque do Santos

Coutinho nasceu no dia 11 de junho de 1943, na cidade paulista de Piracicaba. Com a camisa do Alvinegro Praiano, Coutinho conquistou seis títulos paulistas, cinco brasileiros, duas Libertadores e dois Mundiais de Clubes. Na Seleção Brasileira, foi campeão mundial em 1962, no Chile.

De acordo com o Santos Futebol Clube, ele faleceu em casa. O velório do craque ocorre no estádio de Vila Belmiro, em Santos.

Eis a nota do Santos:

É com profundo pesar que comunicamos o falecimento de Antônio Wilson Vieira Honório, o eterno ídolo Coutinho, aos 75 anos de idade.

Coutinho é o terceiro maior artilheiro da história do Peixe, com 368 gols em 457 partidas pelo clube. O craque formou a parceria mais icônica da história do futebol ao lado de Pelé.

O eterno ídolo nasceu no dia 11 de junho de 1943, na cidade paulista de Piracicaba. Com a camisa do Alvinegro Praiano, Coutinho conquistou seis títulos paulistas, cinco brasileiros, duas Libertadores e Mundiais de Clubes. Já com a Seleção Brasileiro, ele foi campeão mundial em 1962.

Ele faleceu em casa. O velório acontece a partir de 1h desta terça-feira (12) no salão de Mármore da Vila Belmiro. Já o sepultamento será às 18h no cemitério Memorial. O Santos FC decretou luto oficial de três dias.

(Da Agência Brasil e SFC com fotos de arquivo e de Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos) FC)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação