Após paralisação de caminhoneiros, São Luís deixa de ter gasolina mais barata do país

0
1255

AQUILES EMIR

Com a paralisação dos caminhoneiros, que provocou um desabastecimento dos postos de combustíveis e uma consequente elevação dos preços nas bombas, o Maranhão deixou de ter a gasolina mais barata do Brasil, com o preço médio ficando em R$ 4,25, enquanto em São Luís ficou em R$ 4,19.

De acordo com o levantamento da Agência Nacional de Petróleo (ANP), iniciado domingo (20) e encerrado neste sábado (26), têm preços menores que o do Maranhão os estados do Amapá (R$ 4,20), Mato Grosso do Sul (R$ 4,22), Paraíba (R$4,18), Santa Catarina (R$ 4,16) e São Paulo (R$ 4,19). O preço médio mais alto é do Acre (R$ 5,05).

Veja na tabela abaixo o preço médio por estado:

ESTADO POSTOS Preço ao Consumidor Preço Distribuidora
 MÉDIO  MÍNIMO  MÁXIMO  MÉDIO  MÍNIMO  MÁXIMO
AC 39 5,053 4,930 5,459 4,256 4,070 4,469
AL 57 4,347 4,050 4,759 3,970 3,890 4,101
AP 29 4,207 4,050 4,400 3,961 3,912 4,095
AM 70 4,508 4,240 5,050 3,889 3,490 4,046
BA 331 4,588 3,940 5,199 3,958 3,608 4,480
CE 218 4,607 4,399 4,980 3,933 3,799 4,244
DF 47 4,521 4,159 4,820 4,107 3,978 4,206
ES 113 4,421 4,140 4,790 3,996 3,797 4,154
GO 225 4,591 4,190 4,990 4,123 3,880 4,287
MA 104 4,254 3,899 4,619 3,785 3,599 4,008
MT 154 4,353 3,899 5,010 3,926 3,520 4,236
MS 78 4,226 3,999 4,799 3,901 3,718 4,084
MG 554 4,701 4,240 5,449 4,318 3,834 4,693
PA 111 4,486 4,070 5,249 4,019 3,746 4,413
PB 58 4,186 3,890 4,599 3,831 3,662 4,013
PR 332 4,360 3,979 4,790 3,978 3,550 4,251
PE 175 4,422 3,999 4,999 3,905 3,695 4,138
PI 68 4,467 4,249 4,849 4,149 4,048 4,190
RJ 416 4,839 4,349 5,400 4,366 3,966 4,836
RN 61 4,463 4,390 4,599 3,976 3,770 4,265
RS 357 4,601 4,199 5,069 4,098 3,841 4,424
RO 72 4,433 4,140 4,900 3,868 3,667 4,190
RR 13 4,364 4,250 4,490 3,733 3,650 3,848
SC 245 4,168 3,799 4,699 3,745 3,497 3,891
SP 1619 4,196 3,499 5,099 3,793 2,990 4,118
SE 38 4,426 4,240 4,732 4,016 3,882 4,083
TO 43 4,655 4,459 4,999 3,982 3,836 4,192

 

Na terça-feira (22), o Procon havia divulgado uma pesquisa em que um posto de São Luís aparecia com o menor preço do Brasil, R$ 3,88, porém, pela levantamento da ANP, o custo varia de R$ 3,89 a R$ 4,53. Ainda de acordo com a pesquisa, os preços nas distribuidoras fica de R$ 3,61 a R$ 3,92, o que dá uma média de R$ 3,78, ou seja, quem vende pelo menor preço estaria ganhando R$ 0,11 por litro.

Com o levantamento desta semana, estão com gasolina mais barata que a capital maranhense, João Pessoa (PB) – R$ 4,13; Cuibá (MT) – R$ 4,13; Campo Grande (MS) – R$ 4,14; São Paulo (SP) – R$ 4,16; Florianópolis (SC) – R$ 4,17;e Macapá (AP) – R$ 4,19. A que tem preço médio maior é Rio Branco (AC) – R$ 4,99.

Nas demais capitais, a média de preço é a seguinte: Belém (PA) – R$ 4,26; Porto Velho (RO) – R$ 4,28; Maceió (AL) – R$ 4,28; Curitiba (PR) – 4,28; Boa Vista (RR) – R$ 4,36; Vitória (ES) – R$ 4,39; Teresina (PI) – R$ 4,41; Recife (PE) – R$ 4,43; Manuas (AM) – R$ 4,48; ; Natal (RN) – R$ 4,43; Aracaju (SE) – R$ 4,44; Porto Alegre (RS) – 4,48; Brasília (DF) – R$ 4,52; Belo Horizonte (MG) – R$ 4,55; Salvador (BA) – R$ 4,56; Fortaleza (CE) – R$ 4,57; Palmas (TO) – R$ 4,62; Goiânia (GO) – R$ 4,63; e Rio de Janeiro (RJ) – R$ 4,79.

No Maranhão, o menor preço médio encontrado pela ANP foi em São José de Ribamar – R$ 4,13 (igual ao das capitais da Paraíba, João Pessoa, e do Mato Grosso, Cuiabá). O maior foi em Balsas, R$ 4,49.

Confira a média de preço no Maranhão levantada pela ANP:

MUNICÍPIO Preço ao Consumidor Preço Distribuidora
PREÇO MÉDIO PREÇO MÍNIMO PREÇO MÁXIMO PREÇO MÉDIO PREÇO MÍNIMO PREÇO MÁXIMO
Acailandia 4,351 4,200 4,399 3,899 3,854 3,944
Bacabal 4,150 4,119 4,190 3,712 3,680 3,743
Balsas 4,492 4,299 4,619 3,900 3,900 3,900
B. do Corda 4,487 4,480 4,490 3,725 3,725 3,725
Caxias 4,309 4,149 4,429 3,829 3,828 3,830
Codo 4,482 4,330 4,520 3,599 3,599 3,599
Imperatriz 4,350 4,299 4,400
Pinheiro 4,295 4,290 4,300 3,802 3,669 4,008
P.Dutra 4,224 4,199 4,249 3,678 3,654 3,701
Santa Inês 4,377 4,039 4,529 3,794 3,773 3,815
São José de Ribamar  4,133 4,049 4,299 3,726 3,638 3,814
São Luis 4,199 3,899 4,539 3,789 0 3,611 3,920
Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação