Após tropeço diante do Sampaio, Coritiba vence Atlético de Goiás e Fortaleza assume liderança

0
363

O Coritiba alcançou a primeira vitória na Série B 2018. Nesta terça-feira (17), o Coxa se recuperou da derrota sofrida na estreia ao vencer o Atlético de Goiás por 1 a 0 no Couto Pereira, em Curitiba. Com o triunfo, a equipe paranaense se igualou em número de pontos com o Dragão, que superou o Criciúma na primeira rodada.

Sob o olhar de Eduardo Baptista, que acompanhou o duelo de camorote antes de assumir a equipe, o Coritiba dominou as ações no primeiro tempo. Apesar das nove finalizações ao gol do Atlético, o alviverde não conseguiu balançar as redes do Dragão. Na melhor chance, Bruno Moraes parou na grande defesa de Kléver e, no rebote, Jean Carlos carimbou a trave.

Na etapa final, o Coritiba achou o gol da vitória logo aos três minutos. Após cobrança de escanteio, Vinícius Kiss desviou de cabeça e abriu o placar no Couto Pereira. Mesmo com um jogador a menos com a expulsão de Tomas Bastos, o Atlético-GO assustou e quase chegou ao empate aos nove minutos. Bruno Santos arriscou de longe e exigiu ótima defesa de Wilson.

O Coxa teve a chance de ampliar com Júlio Rush em duas oportunidades, mas nem o travessão, nem a falta de pontaria impediram a primeira vitória do time da casa.

Liderança – Em Varginha (MG), o Fortaleza desbancou o Boa Esporte. O tricolor cearense venceu por 2 a 0 e se manteve no topo tabela. Com 100% de aproveitamento, o Leão do Pici assumiu a liderança provisória com seis pontos e três gols de saldo.

A forte marcação das duas equipes se sobressaiu na primeira etapa e o placar se manteve inalterado. Na melhor chance de gol criada pelo Fortaleza, Gustavo recebeu cruzamento da direita, mas parou nos pés do goleiro Fabrício. A chegada de maior perigo do Boa Esporte veio em chute de longa distância de Christiano, que carimbou a trave.

No segundo tempo, as redes balançaram. Aos 11, Bruno Melo marcou de pênalti e colocou o Fortaleza em vantagem. Aos 26, Alyson teve a chance de deixar tudo igual, também em penalidade máxima, mas mandou por cima. Aos 35, o Leão sacramentou a vitória com Edinho. O meia pegou a sobra da zaga, invadiu a área e finalizou para dar números finais ao jogo: 2 a 0.

(Com dados e imagens da CBF)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação