De 10 a 17 de setembro, Guaramiranga, no Ceará, sedia tradicional Festival Nordestino de Teatro

0
177

Evento terá toda a sua programação gratuita

De 10 a 17 de setembro, será realizado no Ceará o tradicional Festival Nordestino de Teatro de Guaramiranga, que este retorna ao formato 100% presencial. O 28º FNT será comemorativo aos 30 anos da Associação dos Amigos da Arte de Guaramiranga, a AGUA, entidade realizadora deste e de outros importantes projetos de arte e cultura na cidade serrana cearense.

A AGUA anunciou esta semana os grupos e espetáculos selecionados para as Mostras Nordeste e Palco Ceará desta edição. Para a mostra que reúne trabalhos dos estados da Região, foram selecionadas 10 companhias teatrais, somando 12 espetáculos da Bahia, do Ceará, do Maranhão, de Pernambuco, do Rio Grande do Norte e de Sergipe.

Para a mostra Palco Ceará, foram selecionados sete grupos e/ou artistas de Maracanaú, Fortaleza e Juazeiro do Norte.

Mostra Nordeste – Foram selecionados para a Mostra Nordeste: Budejar Produções Artísticas (MA) com “Sobre Azares Futuros”; Cia Dita (CE) com dois trabalhos, “Fortaleza” e “Mulata”, Coletivo CIDA (RN) com “Corpos Turvos”, Coletivo Pico Preto (BA) com “Despacho Deferido”, Dimenti (BA) com os espetáculos “Biblioteca de Dança” e “Bola de Fogo”, Flecha Lançada Arte (CE) com “Ané das Pedras”, Grupo São Gens de Teatro (PE) com “Narrativas Encontradas Numa Garrafa Pet Na Beira Da Maré”, Mamulengo de Cheiroso (SE) com “Talco no Salão”, Outro Grupo de Teatro (CE) com “Jango Jezebel – Onde Estavam as Travestis na Ditadura?” e S.E.M. Cia. de Teatro (RN) com o espetáculo “A Mulher Monstro”. A curadoria da Mostra Nordeste foi composta por Aline Vila Real (MG), Francis Wilker (GO/CE), Raphael Vianna (RJ) e Thereza Rocha (RJ/CE).

Palco Ceará – Os selecionados para a mostra Palco Ceará foram: Cangaias Coletivo Teatral (Maracanaú) com o espetáculo “O Regresso dum Barquinho de Papel”, Grupo Garajal (Maracanaú) com “Na Beira”, Jessica Teixeira (Fortaleza) com “E.L.A”, João Paulo Lima (Fortaleza) com “DEVOTEES”, Maria Joaquina Carlos (Juazeiro do Norte) com “Rogai por eles”, Noá Bonoba (Fortaleza) com “TextoTrúqui” e Pavilhão da Magnólia (Fortaleza) com “Há uma festa sem começo que não termina com o fim”. A curadoria foi composta por Andreia Pires e Paulo Feitosa.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação