Tribunal de Justiça divulga vencedores do concurso literário Maria Firmina dos Reis

0
184

Concurso contou com participação de centenas de candidatos

A Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão (CEMULHER/TJMA) torna públicas, conforme previsão do Edital GabDes nº 12022, as listas com os 18 finalistas do II Concurso Literário “Maria Firmina dos Reis”. As produções literárias são divididas por categoria etária (adultos/adolescentes) e subcategorias de produção literária (crônicas/poemas/contos).

Os textos selecionados constarão em livro eletrônico (ebook) a ser publicado pela CEMULHER/TJMA em parceria com a Escola Superior da Magistratura do Estado do Maranhão (ESMAM). O ebook, que será disponibilizado pelos mais diversos meios digitais, será veiculado com o objetivo de alcançar o maior número de pessoas possível e, assim, divulgar a temática.

O resultado final, com a ordem classificatória, será anunciado em cerimônia de premiação realizada no dia 31 de agosto de 2022, em local a ser anunciado nos canais de informação do TJMA.

Confira aqui a lista de finalistas do concurso:

Adolescentes

  • Crônicas – Henry dos Santos Bezerra, Maylla Mayza Louzeiro Costa e Adrian Kaike Oliveira Araújo
  • Contos – Yan Victor Silva Machado,  Estela Beatriz Amaya Saraiva e Hellen Christi Nogueira Ferreira
  • Poemas – Sophia Andrade de Souza,  Vivian Kauane Chagas Botelho e Yan Victor Silva Machado

Adultos

  • Crônicas – Isaac Pereira Viana, Jáder Cavalcante de Araújo e Bruno Antônio Barros Santos
  • Poemas – Adriana Beserra Silva, Pedro Oliveira Dutra Neto e Ana Cimália dos Santos Dias
  • Contos – Wanda Cristina da Cunha e Silva, Verônica Alves Malheiros Dias e Andressa Fontinele Lopes Rodrigues

Segunda edição – O Concurso literário “Maria Firmina dos Reis” promovido pela CEMULHER/TJMA, em parceria com a ESMAM, está na sua segunda edição, tendo como objetivo primordial o de sensibilizar a população em geral para a temática da violência doméstica e familiar contra as mulheres baseada no gênero.

“O Concurso tem o intuito de incentivar os candidatos e as candidatas a se tornarem agentes multiplicadores e a atuarem para uma efetiva mudança estrutural e cultural de nossas sociedades, tão enraizadamente patriarcais e machistas. Desse modo, a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar do TJMA reitera sua crença na literatura como poderosa ferramenta de transformação social”, ressaltou o membro da Coordenadoria, Arthur Darub.

Homenagem – O Concurso Literário “Maria Firmina dos Reis” foi denominado em homenagem à escritora maranhense Maria Firmina dos Reis, considerada a primeira romancista negra do Brasil. Maria Firmina também foi professora, musicista e a criadora da primeira escola mista do Brasil.

Nascida em São Luís/MA em 11 de março de 1822 – data que hoje é considerada o Dia da Mulher Maranhense em sua homenagem -, a escritora é autora da obra “Úrsula” (1859), primeiro romance publicado por uma mulher negra em toda a América Latina e primeiro romance abolicionista de autoria feminina da língua portuguesa.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação