Assembleia condecora governador do Piauí com medalha Manoel Beckman

0
741

O governador do Piauí, José Wellington Barroso de Araújo Dias (PT), foi condencorado nesta quinta-feira (06) com a Medalha Manuel Beckman, a mais alta honraria do parlamento estadual. A homenagem foi proposta pelo vice-presidente da Casa, deputado Othelino Neto (PC do B). O governador piauiense também recebeu a Medalha da Ordem do Mérito Timbira, entregue pelo governador do Estado do Maranhão, Flávio Dino.

Wellington Dias estava acompanhado da primeira-dama do Piauí, a deputada federal e secretária de Estado da Educação, Rejane Dias (PT); da vice-governadora da Paraíba, Lígia Feliciano (PDT), e de deputados estaduais piauienses.

“A Assembleia Legislativa está homenageando o governador Wellington Dias com sua mais importante medalha e isto não somente pelo fato dele ser governador, mas também por comandar um estado vizinho muito querido, de um povo querido, e que, muitas das vezes, tem sofrimentos parecidos com os do povo maranhense. O governador tem uma história de bons serviços prestados à história do Piauí. Ele rompeu uma tradição política em seu Estado, elegendo-se em primeiro turno e tem mostrado avanços excelentes no que diz respeito aos indicadores sociais”, disse o deputado Othelino Neto, que presidiu a sessão.
O governador Flávio Dino, que estava acompanhado da primeira-dama, Daniela Lima, frisou a unidade de pensamento entre os dois estados no sentido do trabalho em prol do desenvolvimento da região Nordeste e do Brasil como um todo. “O governador Wellington Dias é um político testado e aprovado. Está em seu terceiro mandato e foi também senador e deputado federal. É uma referência de político brasileiro”, disse o governador.
Os deputados presentes destacaram a importância de receber o governador no parlamento estadual. Zé Inácio (PT) disse que a homenagem ao governador do Piauí é o reconhecimento de suas ações para desenvolvimento e difusão social em favor do povo mais pobre e sofrido do Estado do Piauí, que sempre constou das listas dos institutos de pesquisa de opinião pública entre os mais pobres do Brasil.
Bira do Pindaré (PSB), por sua vez, disse que Wellington é uma referência enquanto governador. Ele contou que tem um laço afetivo muito grande com o homenageado, pelo fato de os dois serem oriundos da categoria bancária. “Ele foi presidente dos sindicatos bancários do Piauí e eu, dos sindicatos bancários do Maranhão. Portanto, a gente se conhece há muito tempo e eu sou testemunha de sua luta e engajamento. Este gesto serve muito para aproximar os dois estados, que têm muitos problemas em comum e, juntos, serão muito mais fortes para enfrentar os problemas, sobretudo no momento presente da história brasileira, onde experimentamos a maior crise que esse país já viu. Realmente, é uma presença muito importante entre nós”, destacou.

O governador homenageado frisou que tem desenvolvido várias ações em conjunto com o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), como na área social, da saúde, da segurança e no fortalecimento da Rota das Emoções a fim de atrair turistas para os dois estados. Informou ainda que está em fase de licitação um projeto para ligar o município de São Bernardo (MA) a Luzilândia (PI). Aproveitou ainda para falar sobre a situação política e os desafios do Brasil.

“Estou muito emocionado por essa dupla homenagem, que é receber a Medalha Manuel Beckman e a Medalha da Ordem do Mérito Timbira. A primeira, pela sua história de luta pela independência do Brasil, algo que pesa no peito e na responsabilidade. A outra, por também ter um significado todo especial, pois sou descendente de índios e fui batizado pela Tribo Canelas, do Maranhão. Estou muito feliz e agradeço a todos”, agradeceu.

 

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação