Até terça-feira sugestões para criação de selos pelos Correios podem ser enviadas à empresa

0
98

Prazo para envio de sugestões termina dia 30

Os Correios recebem, até a próxima terça-feira (30), propostas para os selos especiais e comemorativos que serão emitidos em 2023. A sociedade em geral pode usar a criatividade e indicar motivos de selos que emocionam, marcam uma história ou que tenham afinidade. Eles poderão compor o Programa de Selos Postais (PSP).

Como resultado das indicações de “Sua Ideia Pode Virar Selo”, os motivos aprovados pela 119º Comissão Filatélica Nacional e que já fazem parte do Programa de Selos Postais 2022 são: Vacinas; Centenário da Semana de Arte Moderna; Homenagem a Daniel Azulay; Centenário da Primeira Travessia Aérea do Atlântico Sul; Pôr do Sol; 200 Anos da Independência do Brasil; Festa do Senhor Bom Jesus do Bonfim; e As Vilas e as Populações Caiçaras do Brasil.

Os motivos retratam fatos históricos, personalidades e a diversidade cultural desse país continental. Para 2023, o prazo de sugestão encerra dia 30 de novembro, mas para os próximos anos (2024 a 2028) as sugestões continuarão abertas. Os critérios para as propostas de motivos estão disponíveis na Portaria 2014/2021 MCom.

Para participar, basta acessar o sistema “Sua Ideia Pode Virar Selo” e cadastrar a sua proposta.

NEXOFIL Awards 2021 – A Emissão Postal Comemorativa dos 150 anos do Chorinho, lançada pelos Correios no ano passado, conquistou o 3º lugar de Melhor Bloco de 2020 pelo Nexofil Awards 2021. Essa é a 8ª edição da premiação internacional, que ocorreu em Madrid, na Espanha. O primeiro e segundo colocados foram, respectivamente, do Uruguai (Bloco 250º Aniversário de Beethoven), e da Croácia (Bloco Minerais e Pedras).

Este foi o primeiro lançamento filatélico em tempos de pandemia. O selo traz uma imagem de fusão entre um bandolim e um pandeiro. O bandolim é vazado, mostrando a paisagem de um céu estrelado, com a lua cheia na posição da boca do instrumento. A paisagem se completa com a lua estando por detrás dos Arcos da Lapa, berço da boemia carioca e onde o Chorinho fez sua morada. Distribuídos pelo bloco, aparecem em destaque os selos dos instrumentos mais comuns associados ao Chorinho: a flauta transversa, bandolim, violão de 7 cordas, cavaquinho, pandeiro e clarinete.

O artista responsável pela imagem, o designer e ilustrador José Carlos trabalha com emissões filatélicas desde 2010, sendo já premiado em outras edições. Ele revela a emoção por mais um trabalho reconhecido.

“Fico muito feliz e honrado com a premiação do meu trabalho, especialmente porque foi algo inesperado. Ao criar o selo, a preocupação que tenho é em transmitir graficamente os conceitos aos quais se propõem a emissão e como viabilizar da melhor forma a produção. Saber que o selo atendeu às expectativas dos Correios e Filatelistas já seria um ótimo resultado a meu ver. Ter este trabalho reconhecido por um prêmio, ainda mais sendo internacional e tão prestigiado, é algo inimaginável. Agradeço a todos que colaboraram no desenvolvimento e produção da peça”, finalizou.

Esta emissão premiada está à venda na loja virtual e nas principais agências de Correios. Veja mais e conheça o universo filatélico no Blog da Filatelia.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui