Athletico do Paraná enfrenta River Plate em busca do inédito título de campeão da Recopa

0
370

O Athletico Paranaense, atual campeão da Sul-Americana, e o River Plate, campeão da última Copa Libertadores, irão se enfrentar nesta quarta-feira (22), às 21h30, na Arena de Baixada, em Curitiba (PR) pela ida da final da Conmebol Recopa 2019. Será duelo por um troféu que definirá seu vencedor em 30 de maio, em Buenos Aires (Argentina).

O Athletico deve ir a campo com Santos – Léo Pereira, Paulo André, Renan Lodi, Jonathan – Guilherme Camacho, Bruno Guimaraes, Léo Cittadini, Nikao – Roni, Marco Rubén DT: Tiago Nunes.

A provável escalação do River é Franco Armani – Camilo Mayada, Robert Rojas, Luciano Lollo, Fabricio Angeleri – Bruno Zuculini, Exequiel Palacios, Cristian Ferreira, Nicolás De La Cruz – Julián Álvarez, Lucas Pratto. DT: Marcelo Gallardo.

As duas equipes em números:

  • Athletico Paranaense vai disputar sua primeira edição da CONMEBOL Recopa; será a quinta edição do River Plate, que perdeu as duas primeiras (1997 contra Vélez e em 1999 contra Cruzeiro) e ganhou as duas mais recentes (2015 contra San Lorenzo e 2016 contra Santa Fe).
  • A única ocasião em que o Athletico Paranaense e o River Plate se enfrentaram nas competições da CONMEBOL foi nas oitavas de final da Sul-Americana 2006; os brasileiros avançaram com um resultado global de 3-2 (1-0 de visitante, 2-2 de local).
  • Desde que a CONMEBOL Recopa enfrenta os campeões da Libertadores e Sul-Americana (2003), 11 das 16 edições foram vencidas pelo atual campeão da CONMEBOL Libertadores.
  • As três últimas edições da CONMEBOL Recopa foram vencidas pelo atual campeão da CONMEBOL Libertadores, incluindo o título de River Plate em 2016 na CONMEBOL Recopa 2016, contra o Santa Fe.
  • Apenas uma das últimas oito edições da CONMEBOL Recopa foi vencida pelo atual campeão da CONMEBOL Sul-Americana; foi o River Plate, em 2015, batendo o San Lorenzo.
  • Athletico Paranaense será o 10º time brasileiro a jogar a CONMEBOL Recopa; mais do que qualquer outra nacionalidade (9, Argentina) – Atlético Mineiro, Botafogo, Chapecoense, Corinthians, Cruzeiro, Grêmio, Internacional, Santos e São Paulo.
  • Será a sétima CONMEBOL Recopa entre equipes do Brasil e da Argentina; os brasileiros ganharam o título em cinco das seis edições anteriores, incluindo a mais recente (Grêmio x Independiente, 2018) – Boca bateu São Paulo, em 2006.
  • Uma das equipes argentinas que perdeu na CONMEBOL Recopa para um brasileiro foi o River Plate, em 1999 (pontuação geral de 0-5 contra o Cruzeiro).
  • Só Boca (4) ganhou mais edições da CONMEBOL Recopa do que River (2, como Grêmio, Internacional, LDU Quito, São Paulo e Olímpia, este último venceu sem jogar a edição 1991, por ser o campeão da Libertadores e Supercopa 1990).
  • Dois dos nove títulos que Marcelo Gallardo ganhou como técnico do River Plate são da CONMEBOL Recopa (2015 e 2016).

(Com informações da Conmebol)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação