Atividade da construção civil tem crescimento em janeiro de 2023 no Maranhão

103

O índice ficou abaixo do registrada em janeiro de 2022

A sondagem da Construção do Maranhão, elaborada pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA) em parceria com a Confederação Nacional da Indústria (CNI) demonstrou que o nível de atividade da construção civil apresentou um crescimento significativo (variação de 10,9 pontos), em relação ao mês passado. Em que pese a recuperação, principalmente entre as empresas de médio e grande portes, o índice ficou abaixo da situação registrada em janeiro de 2022.

Constatou-se ainda que a atividade diminuiu no Brasil e no Nordeste, registrando 44,5 pontos, respectivamente, mas foram quedas leves nos indicadores.

Já o indicador referente ao número de empregados registrou crescimento, acompanhando a atividade produtiva, ficando com 50 pontos, isto é, 5,4 pontos a mais do registrado no mesmo mês do ano passado. Esta variação positiva se deu tanto nas pequenas quanto nas médias e grandes empresas. No entanto, os indicadores ainda não oferecem segurança para se falar em recuperação.

De acordo com os dados coletados, a Capacidade Operacional apresentou melhora, com crescimento de 24 pontos, totalizando 82 pontos nesse mês de janeiro de 2023. Essa variação positiva, maior do que a variação no indicador de emprego, demonstra confiança por parte do setor da Construção civil.

No que se refere ao índice expectativas, verifica-se que, em todos os indicadores, ele não passa dos 50 pontos ficando abaixo do que era esperado em dezembro. O que reflete a indefinição dos empresários quanto ao futuro próximo. “E isto independe do porte das empresas, seja para a compra de insumos e matérias-primas, seja para o número de empregados (a única variação positiva de expectativas foi das pequenas empresas) ou para novos empreendimentos”, diz a sondagem.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui