Atlético do Paraná e Boa Esporte avançam para próxima fase da Copa do Brasil

0
441

Nesta terça-feira (30), dois jogos abriram a Copa do Brasil 2018. O Atlético do Paraná visitou o Caxias do Rio Grande, em Caxias do Sul (RS), e avançou de fase ao empatar em 0 a 0. No Lomanto Júnior, Vitória da Conquista e Boa Esporte deram o pontapé inicial da competição e não saíram do 0 a 0 e com o novo regulamento, onde não há gol qualificado e jogo único na primeira fase, o resultado classificou o Boa para a próxima etapa.

Jogando em casa, o Caxias pressionou bastante no primeiro tempo e teve as melhores chances de abrir o placar. Logo aos cinco minutos, Nicolas avançou em velocidade pela esquerda e cruzou com força para a área, mas Túlio mandou para fora. No lance seguinte, após cruzamento cortado, Julinho quase marcou, mas o chute também foi para fora. Aos 18 foi a vez de o Atlético-PR arriscar. Raphael Veiga finalizou de longe, com perigo, mas o goleiro Gledson fez ótima defesa. Em outra boa chance do time sulista, Cleiton mandou um bom chute cruzado, em direção ao gol, mas Santos recuou e tirou com um tapa. Aos 34, Julinho invadiu a área e bateu colocado, vendo o goleiro do Furacão defender mais uma.

No segundo tempo, o Atlético equilibrou mais o jogo e quase marcou logo aos dois minutos, quando Wanderson finalizou com Gledson fora da pequena área. A bola acabou sobrando para Ribamar, que chutou para o gol, mas foi cortado por Júnior. Três minutos depois, o goleiro do Caxias estava no lance e pegou o chute de primeira de Guilherme. Administrando o resultado até o apito final, o Furacão garantiu vaga na próxima fase.

Na próxima etapa, o Furacão vai enfrentar o classificado de Tubarão-SC x América-RN.

Empate – Vitória da Conquista e Boa Esporte iniciaram o jogo se estudando bastante e com muitos erros de passe. Os mineiros até esboçaram uma pressão, mas foi o Vitória da Conquista que levou mais perigo no primeiro tempo. Aos 25 minutos, Rafamar invadiu a área pela direita e cruzou para Flávio Caça-Rato, que por pouco não marcou. Três minutos depois, o atacante ficou perto novamente, mas viu sua finalização passar raspando a trave direita do goleiro Fabrício.

Na volta do intervalo, o Boa Esporte foi quem pressionou mais, como a cabeçada para fora do volante Amaral e a finalização de Gerônimo, que passou por cima do gol. Com a vantagem de visitante, o time mineiro administrou o resultado até o fim e avançou de fase.

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação