Atlético Mineiro vence novamente para se isolar na liderança e Palmeiras se firma em segundo lugar

251

Com mais uma vitória, Galo chega a 45 pontos 

Líder do Brasileirão Assaí, o Atlético Mineiro bateu o Sport do Recife por 3 a 0, na noite deste sábado (18), no estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG) pela 21ª rodada do campeonato. Já o Palmeiras venceu a Chapecoense por 2 a 0, na Arena Condá, em Chapecó (SC).

Com o triunfo, o Galo chega aos 45 pontos e segue no topo da tabela. O Leão da Ilha do Retiro está em 19º lugar, dentro do Z-4, com 17 pontos conquistados. Já o Porco permanece na vice-liderança, com 38 pontos conquistados e a Chape segue na lanterna, com apenas dez pontos.

Aos 34 minutos, o Alvinegro abriu o placar no Mineirão. Arana cruzou na medida para Diego Costa, que cabeceou para o fundo das redes de Maílson. Antes do intervalo, aos 45, Hulk também deixou o dele. O atacante recebeu bola na esquerda e ampliou o placar para o Galo.

No fim, aos 53 minutos, o atacante Vargas deu números finais à partida. De pênalti, o camisa 10 acertou a gaveta do gol do Sport.

No Mineirão, o Galo supera o Leão por 3 a 0 e alcança 45 pontos no campeonato (Fernando Moreno/AGIF)

Palmeiras – Na Arena Condá, aos nove minutos, Raphael Veiga recebeu passe de Wesley, invadiu a área e chutou forte para abrir o placar. Aos 27 minutos o Verdão fez mais um. Piquerez chutou cruzado e Luiz Adriano desviou para o fundo do gol. Aos 45, Patrick de Paula chutou forte, mas a bola saiu pela linha de fundo.

A Chape voltou para o segundo tempo em busca do empate. Em jogada de velocidade no primeiro minuto, Mike chutou cruzado e Weverton defendeu. A Chape voltou para o segundo tempo em busca do empate. Em jogada de velocidade no primeiro minuto, Mike chutou cruzado e Weverton defendeu.

Palmeiras vence a Chapecoense pela 21ª rodada do Brasileirão Assaí
Créditos (Renato Padilha/AGIF)

O Porco respondeu aos 29 minutos. Gabriel Menino trocou passes com Piquerez e chutou colocado, mas por cima do gol. No minuto seguinte, o mandante chegou com Foguinho. O meia chutou forte e a bola passou perto da trave esquerda. No fim, aos 45 minutos, Léo Gomes arriscou chute forte, mas não conseguiu balançar as redes para o mandante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui