Aumenta o número de mortes nas rodovias federais em 2023 na comparação com 2022

1

Especialista orienta sobre cuidados para pegar estrada

Dados consolidados da Polícia Rodoviária Federal (PRF) revelam que, ano passado, 15 pessoas morreram por dia vítimas de sinistros de trânsito nas rodovias federais brasileiras. Segundo a PRF, ao longo de 2023 foram registrados 67.658 sinistros, que resultaram em 5.621 mortes e 78.322 feridos, o que representa um aumento em comparação com o ano anterior.

“Registramos 182 mortes, 5.351 feridos e 3.11 sinistros a mais do que o total do ano passado. Isso é inaceitável. Em vez de reduzirmos os índices, para cumprir as metas da ONU, estamos assistindo ao aumento da violência no trânsito”, comenta o diretor científico da Associação Mineira de Medicina do Tráfego (Ammetra), Alysson Coimbra.

A análise dos dados de 2023 reforça o que as entidades que atuam em defesa da segurança viária vêm alertando: precisamos rever nossas ações e políticas públicas voltadas para segurança no trânsito, pois infelizmente elas não conseguem acompanhar o dinamismo das informações e do comportamento dos usuários das vias, tornando-se assim pouco efetivas. 

“Nosso modelo de fiscalização é falho e a punição é insuficiente para superar a sensação de impunidade, e isso não inibe a crescente tendência de aumento da violência no trânsito desde 2019. Em épocas como o Carnaval, um feriado prolongado com trânsito intenso e aumento no consumo de bebidas alcoólicas, é importante ressaltar a necessidade de regras básicas: se beber, não dirija; use cinto se segurança e não pegue a estrada se estiver com sono ou com o veículo sem manutenção em dia”, comenta Coimbra.

Atenção redobrada ao pegar estrada no feriado

  • É preciso estar atento
    • O especialista conta que, historicamente, 90% dos sinistros de trânsito são provocados por falhas humanas, como desatenção, imprudência e imperícia.

“Por isso, além de só pegar a estrada quando estiver descansado, o recomendável é fazer pausas para descanso em trajetos mais longos. O cansaço impacta negativamente na capacidade de concentração, na percepção visual do motorista e no tempo de reação, aumentando os riscos de acidentes”, explica o especialista. 

    • Além disso, é essencial obedecer às regras de trânsito, como os limites de velocidade e regras de ultrapassagem, e estar atento às condições da via, especialmente em rodovias que tenham problemas estruturais ou obras e sempre adotar a direção defensiva.

Não descuide da manutenção do seu veículo

  • Última checagem
    • Antes de pegar a estrada, confira se o seu veículo está em condições de circular em segurança. “Além de seguirmos as orientações de manutenção do fabricante, a checagem pré-viagem deve incluir a verificação de itens como freios, faróis, setas, limpadores e lanternas, além de checar os pneus, o estepe, e os níveis de água e óleo”, completa Coimbra.

DICAS PARA DIRIGIR EM SEGURANÇA NO FERIADO

    • -Não dirija se estiver cansado ou com sono
      -Obedeça às regras de trânsito
      -Não exceda o limite de velocidade
      -Mantenha distância adequada em relação ao carro da frente
      -Redobre a atenção nos trechos de rodovia em obras
      -Avalie constantemente a cena em trechos com interrupção súbita do fluxo, verificando sempre se o interior do veículo ainda é o local mais seguro para permanecer.
      -Não hesite em deixar o veículo para buscar abrigo longe da rodovia/estrada, evitando se abrigar embaixo de árvores em caso de chuva
      -Faça a manutenção regular do seu veículo
      -Verifique funcionamento de freios, setas limpadores e lanternas
      -Não viaje com pneus carecas
      -Calibre os pneus e o estepe antes de sair
      -Cheque os níveis de água e óleo
      -Verifique se macaco, triângulo e estepe estão no veículo

FORMA ADEQUADA DE TRANSPORTAR CRIANÇAS

    • Bebê conforto: crianças de até um ano de idade e até 9kg, posicionado em sentido contrário ao painel do veículo.
      -Assento conversível: crianças de até um ano de idade e até 13kg posicionado no sentido contrário ao painel do veículo até a criança completar 1 ano de idade.
      -Cadeirinha: crianças de 1 a 4 anos de idade, que tenham entre 9 e 18 kg, posicionamos de frente para o painel do veículo.
      -Assento de elevação: crianças de 4 a 10 anos de idade que não tenham atingido 1,45 m de altura, com peso entre 15 e 36 kg, sempre conectado ao cinto de três pontos.
      -Banco traseiro e dianteiro somente com o cinto de segurança: crianças com mais de 10 anos de idade e/ou estatura superior a 1,45m.
      -Apenas crianças maiores de 10 anos podem ser transportadas em motocicletas, mas sempre com capacete, luvas e outros equipamentos de proteção.

FORMA ADEQUADA DE TRANSPORTAR PETS

    • Animais de companhia devem ser transportados afixados assim como as crianças, e o melhor dispositivo de transporte deve ser avaliado considerando o porte e peso do PET.

COMO DIRIGIR EM SEGURANÇA NA CHUVA

    • Só saia se for realmente necessário
      – Use GPS mesmo que conheça o caminho; eles avisam sobre interdições e desvios seguros
      – Tenha sempre uma outra opção de percurso para fugir de interdições e alagamentos.
      – Em caso de chuva intensa, procure lugar seguro para parar o carro
      – Não avance se o volume de água cobrir metade da altura da roda
      – Não saia do carro em caso de enxurrada
      – Mantenha distância de 4 segundos do veículo à frente
      – Use farol baixo mesmo na cidade
      – Não freie bruscamente
      – Em caso de água na pista, mantenha o volante reto, segurando forte, pare de acelerar e não freie
      – Em caso de interdição de pista: se não existir local seguro para estacionar, acione as luzes de alerta e abandone o veículo, buscando abrigo em local seguro
      – Use o pisca alerta quando houver uma redução drástica de velocidade, para que os demais motoristas possam reduzir a velocidade de forma segura evitando colisões.
      -Avalie constantemente a cena em trechos com interrupção súbita do fluxo, verificando sempre se o interior do veículo ainda é o local mais seguro para permanecer.
      -Não hesite em deixar o veículo para buscar abrigo longe da rodovia/estrada, evitando abrigar embaixo de árvores em caso de chuva.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui