Benedito Buzar é reeleito para presidir a Academia Maranhense de Letras até 2020

0
1100

A Academia Maranhense de Letras (AML) realizou nesta quinta-feira (30 de novembro) eleição da Diretoria e do Conselho Fiscal para o biênio 2018-2020. O presidente Benedito Buzar, que encabeçou a chapa única Coesão e Continuidade, foi reconduzido ao cargo por unanimidade.

Além de Buzar, compõem a diretoria da Casa de Antônio, Carlos Gaspar (vice-presidente), Sebastião Moreira Duarte (secretário-geral), José Ewerton Neto e Laura Amélia Damous (secretários) e Alex Brasil e José Neres (tesoureiros).

A Comissão Fiscal é formada pelos acadêmicos José Carlos Sousa Silva, Natalino Salgado Filho e Lourival Serejo.

Benedito Buzar está na presidência da instituição desde 2012, tendo entrado como vice-presidente do desembargador Milson Courtinho, que renunciou ao cargo. Ele já cumpriu três mandatos e agora segue para o quarto.

De acordo com o presidente reeleto, neste novo ciclo à frente da instituição, a ideia é continuar com o trabalho de fazer com que a academia se aproxime mais da comunidade.

“Nós daremos continuidade ao projeto com as escolas, publicação e lançamento de livros, entre outras coisas. Somente este ano, foram publicados 24 obras, todas via Lei Estadual de Incentivo à Cultura”, destacou Benedito Buzar, que revelou ainda que um dos propósitos nessa nova gestão é providenciar a reforma do prédio, que está precisando de melhorias na estrutura, tanto interna quanto externamente.

(Com dados da AML)

Compartilhe
Aquiles Emir
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação