BHG anuncia transferência de hoteis no Maranhão e em mais nove estados para a Accor Hotels

0
2340

A Brasil Hospitality Group (BHG) anunciou nesta quinta-feira (02), em conjunto com os seus acionistas – fundos geridos pela GP Investments e pela GTIS Partners, que firmou na data de hoje contrato para a venda de uma plataforma de gestão de 26 hotéis (4.400 quartos) para a Accor Hotels, que pagará pela aquisição a quantia de R$ 200 milhões.

A BHG é a maior proprietária de ativos imobiliários hoteleiros do Brasil e a terceira maior administradora hoteleira. Após a conclusão do negócio, a BHG ainda manterá uma posição de liderança como administradora hoteleira, operando 20 unidades, com 3.700 quartos em diversas categorias, incluindo a administração do Hotel Marina Palace, no Rio de Janeiro.

O portfólio, que passará a ser gerido pela AccorHotels, contempla hotéis de categorias econômica, médio e alto padrão nos seguintes estados: Rio de Janeiro, São Paulo, Pará, Paraná, Rio Grande do Sul, Pernambuco, Mato Grosso, Bahia, Minas Gerais e Maranhão. O portfólio será progressivamente renovado e reposicionado até final de 2019, quando passará a operar com as marcas ibis, ibis Styles, ibis Budget, Mercure, Novotel, Mama Shelter, MGallery e Pullman.

No Maranhão, a BHG ainda possui, em São Luís, o Praiabella (Tulip Inn), no bairro do Calhau, American Flat, na praia de Ponta d´Areia, e Soft Inn São Luís, na Ponta d´Areia; e em Barreirinhas, o Gran Solare Lençóis Maranhenses. A empresa já havia desativado o Bellagio e Number One, ambos na Ponta d´Areia.

“Estamos muito animados com as oportunidades que esta transação criará para a nossa companhia, nossos parceiros comerciais, investidores e equipes. A totalidade dos recursos gerados nesta transação será reinvestida na renovação e modernização dos hotéis de nossa propriedade”, avalia Alexandre Solleiro, CEO da BHG. “Além disto, este negócio também nos permitirá direcionar os recursos e equipes da BHG para o desenvolvimento do nosso negócio de Administração Hoteleira com nossas marcas próprias (Soft Inn, Solare e The Capital) e aquelas que representamos (Royal Tulip, Golden Tulip e Tulip Inn)”, complementa Alexandre Solleiro.

Rubens Freitas, Sócio da GP e Presidente do Conselho da BHG, considera que “essa transação é mais uma etapa de um processo de criação de valor que começou quando fundamos a BHG em 2007 e com o qual a GP continua completamente comprometida”.

Imagem relacionada
Praia Bella, na Avenida Litorânea, é uma das unidades da BHG em São Luís

Josh Pristaw, Senior Managing Director, co-Head para o Brasil e Head para o mercado de capitais da GTIS Partners, reitera que “esta transação representa um marco importante no plano estratégico para a criação de valor na BHG, que possui um portfólio brasileiro no setor imobiliário hoteleiro incomparável e de elevada qualidade, a partir de investimentos em capital e reposicionamento. A GTIS continuará também a apoiar o crescimento da BHG como uma operadora hoteleira de referência no Brasil”, assinala o executivo.

Para Sebastien Bazin, Presidente e CEO da AccorHotels, “o Brasil de hoje é um país de grandes oportunidades. Essa transação é um marco histórico na trajetória da AccorHotels neste país, onde temos sido líderes por décadas. O acordo vai trazer-nos novos hotéis de prestígio assim como aumentará o awareness e reconhecimento da marca em todos os segmentos. Esse movimento também dará início a um relacionamento forte e de longo prazo com a BHG, um dos maiores proprietários imobiliários hoteleiros no Brasil. Isto permitirá novas oportunidades de crescimento daqui por diante”.

 

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação