BNB premia nesta quarta-feira as melhores reportagens da imprensa nordestina

0
803

Os vencedores da edição 2017 do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional serão conhecidos nesta quarta-feira (19), durante as comemorações dos 65 anos da instituição. A cerimônia de entrega da premiação será realizada às 17h, no centro administrativo do BNB, em Fortaleza (CE).

Nesta edição, o Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo recebeu 192 inscrições, que concorreram a R$ 183 mil, em nove premiações: Grande Prêmio Nacional de Inovação no Nordeste; cinco prêmios nacionais por mídia (texto em mídia impressa, iconografia, TV, rádio e internet); dois prêmios regionais e um extrarregional. As categorias prestam reconhecimento a trabalhos jornalísticos nacionais que retratem iniciativas exemplares de vertentes diversas do tema desenvolvimento regional.

Os profissionais de imprensa serão recebidos pela Diretoria Executiva para anúncio dos prêmios e lançamento da edição 2018 do projeto. As comemorações seguem com coquetel e visita à exposição intitulada “Banco do Nordeste 65 anos – Fazendo a diferença na vida das pessoas”.

A mostra apresenta iniciativas inovadoras empreendidas nesse período em diversas áreas, desde a experiência pioneira de criação do Escritório Técnico de Estudos do Nordeste (Etene) como um centro de excelência em pesquisas sobre a Região, até o estímulo ao empreendedorismo impulsionado por iniciativas inovadoras com o Hub Inovação Nordeste (Hubine).

Confira os finalistas da edição 2017 do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional:

  • Aline Guedes e Sâmara Silvino, autoras do trabalho de rádio “Novas sertanejas”, veiculado pela Band News FM, de João Pessoa (PB)
  • Fabio Lima, autor do trabalho fotográfico “À espera de Francisco”, publicado pelo jornal O Povo, de Fortaleza (CE)
  •  Hebert Araújo, Andrezza Carla e Jonathan Dias, autores do trabalho de rádio “Gurinhém, Paris e Japão”, veiculado pela rádio Rádio CBN João Pessoa   (PB).
  • Jéssica Welma Gonçalves, Roberta Aguiar, Rosana Martins e Rafael Luís Azevedo, autores do trabalho de jornalismo na internet “O coletivo tá na moda”, do portal Tribuna do Ceará, de Fortaleza (CE).
  • Luciana Pimenta e Carlus Campos, autores do infográfico “Como será a transposição”, publicado pelo jornal O Povo, de Fortaleza (CE).
  • Luiz Ribeiro dos Santos, autor do trabalho “Mulheres de fibra”, publicado pelo jornal Estado de Minas, de Belo Horizonte (MG).
  • Maristela Machado Crispim, autora do trabalho de texto em mídia impressa “Jovens empreendedores rurais”, publicado pelo Diário do Nordeste, de Fortaleza (CE).
  • Maristela Machado Crispim e Fernando Maia, autores do trabalho de texto em mídia impressa “Conviver e preservar, conviver e produzir”, do Diário do Nordeste, de Fortaleza (CE).
  • Matheus Batista Boa Sorte, Hemerson Mendel, Everton do Vale, Luciano Lima, Robson Melo, Matheus Carvalho, Carollini Assis, autores do trabalho de TV “Campo além da crise – empreendedorismo na Bahia”, veiculado pela TV Aratu, de Salvador (BA).
  • Renata Moura, Bernardo Luiz, André Santos, Luana Tayse e Rayssa Moura, autores do projeto de jornalismo de internet “Os frutos da terra seca”, veiculado pelo portal Tribuna do Norte, de Natal (RN).
Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação