BNB promove debate sobre preservação ambiental e inclusão produtiva

4

Recursos pré-aprovados e rotativos de financiamentos

O papel dos bancos de desenvolvimento para a redução de impactos ambientais e das desigualdades sociais estará em pauta, de 15 a 17 de maio, na sede do Banco do Nordeste, em Fortaleza. Os temas serão abordados nos painéis da 54ª Reunião Anual da Associação Latino-Americana de Instituições Financeiras de Desenvolvimento (Alide). Executivos internacionais analisarão novas tendências ambientais e necessidades de crédito voltado para a inclusão produtiva.
  ‏   
O encontro da Alide vai reunir mais de 250 participantes, de 20 países da América Latina e do Caribe, além de seis países de outros continentes. O evento contará com 11 workshops, seis painéis e três palestras abordando temas como inclusão financeira e social, redução de desigualdades regionais, financiamento de infraestrutura, sustentabilidade e inovação.
  ‏   
A dinâmica do evento contará com sessões plenárias para análise e debate sobre a agenda do mercado financeiro, sessão especial sobre assuntos institucionais, conferências sobre temas contemporâneos, oficinas e entrevistas bilaterais, que ocorrerão de modo paralelo às sessões, para realização de parcerias de negócios entre instituições financeiras.
  ‏   
A abertura do evento, nesta quarta-feira, 15, às 9 horas, contará com as presenças dos presidentes da Alide, Luis Antonio Ramírez, do BNB, Paulo Câmara, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, e do governador do Ceará, Elmano de Freitas.
  ‏   
Programação – A programação do encontro seguirá o tema “Financiamento do Desenvolvimento diante dos atuais desafios globais”. No primeiro dia, Luis Antonio Ramírez mediará a sessão “Ampliando o financiamento sustentável na América Latina e no Caribe”, com a presença de executivos do continente e da Europa.
  ‏   
O próximo debate vai ter a mediação de Gabriela Andrade, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sobre “Inclusão financeira das mulheres: bancos públicos de desenvolvimento como catalisadores”. Tatiana Alves, também do BID, será a responsável por mediar o último painel do primeiro dia de encontro, “Coalizão verde de bancos públicos de desenvolvimento para a região amazônica: desde Belém até Belém” e pela palestra “Investimentos na América Latina: Desbloqueando oportunidades para a Índia”.
  ‏   
Na quinta-feira, 16, o dia vai começar com a sessão plenária: “Transformação produtiva focada na produção e no consumo sustentável”, moderada pelo presidente do Banco de la República Oriental del Uruguay (Brou), Salvador Ferrer. O próximo painel terá a mediação do diretor de Planejamento do Banco do Nordeste, Aldemir Freire, e vai versar sobre “Bancos de desenvolvimento e proteção da biodiversidade”. No mesmo dia, a economista Tânia Bacelar proferirá a palestra “Uma visão de futuro para o desenvolvimento regional e o papel dos bancos multilaterais e dos bancos públicos de desenvolvimento”.
  ‏   
No terceiro e último dia do encontro, 17 de maio, o diretor de Negócios do Banco do Nordeste, Anderson Possa, vai mediar o painel “Perspectivas para o financiamento de infraestrutura”. Na sequência, a presidenta do Fondo para el Financiamiento del Sector Agropecuario (Finagro), da Colômbia será a responsável pelo painel “Investimento de impacto para a inclusão social: uma peça-chave para o desenvolvimento com oportunidades para todos”.
  ‏   
A sessão de encerramento da primeira reunião anual vai terminar com a “Declaração de Fortaleza sobre o tema central”, momento conduzido pelo peruano Edgardo, secretário-geral da Alide, seguido das palavras finais dos presidentes da associação, Luis Antonio Ramirez, e do Banco do Nordeste, Paulo Câmara.
  ‏   
Os nomes e instituições de todos os painelistas e a programação completa da primeira assembleia da Alide realizada no Brasil, incluindo conferências e workshops, estão disponíveis no site do encontro. A reunião anual está em sua 54ª edição e é uma iniciativa da Alide, com apoio do BNB, BNDES, Governo do Ceará e Entrepay.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui