Bolsonaro repreende filho por pregar volta do AI5 para enfrentar “radicalismo” da esquerda

0
556

Em entrevista a José Luiz Datena, no Brasil Urgente da Band, na tarde desta quinta-feira (31), o presidente Jair Bolsonaro repreendeu o filho Eduardo, líder do PSL na Câmara Federal, por ter pregado a possibilidade da volta do AI5, caso a esquerda radicalize contra o governo. Segundo o presidente, não há ambiente para esse tipo de retrocesso e pediu ao filho para que esqueça a ideia.

Antes, ao conversar com jornalistas na saída do Palácio do Planalto, Jair Bolsonaro disse que quem deve ser cobrado pela declaração é quem falou, ou seja, Eduardo. O presidente disse que o AI-5 foi adotado quando “existia outra Constituição” e que quem pensa em instituir o ato novamente “está sonhando”.

“Não existe. AI-5, no passado, existia outra Constituição, não existe mais. Esquece. Vai acabar a entrevista aqui. Cobrem dele. Quem quer que seja que fale em AI-5 está sonhando. Está sonhando. Está sonhando. Não quero nem ver notícia nesse sentido aí”, declarou o presidente.

Questionado novamente sobre o assunto, presidente respondeu com contundência: “Olha, cobre você dele. Ele é independente. Tem 35 anos se eu não me engano. Mas tudo bem. Lamento. Se ele falou isso, que eu não estou sabendo, lamento. Lamento muito.”

Na entrevista a Datena, o presidente declarou que as instituições estão funcionando normalmente e elogiou o papel exercido por Rodrigo Maia na Câmara Federal, por Davi Alcolumbre no Senado e pelos ministros do Supremo.

Apesar de ter declarado que não concorda com os pontos de vista defendidos pelo filho, o presidente voltou a se queixar das campanhas insistentes com que alguns segmentos da sociedade e, principalmente, da imprensa que não dão sossego ao seu governo.

Ele frisou que vem se esforçando para colocar o Brasil no trilho do desenvolvimento e destacou a visita à Ásia e Oriente Médio, onde teria sido bem recebido e recebido acenos de futuros investimentos no país. Para ele, esses acenos são demonstração de confiança nas mudanças por que vem passando o país.

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação