Bolsonaro surpreende ao atravessar Praça dos Três Poderes a pé para ir ao Congresso Nacional

0
1228
O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu hoje (29) ao deixar o Palácio do Planalto por volta das 9h30 e ir a pé em direção ao Congresso Nacional.

O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu nesta quarta-feira (29) ao deixar o Palácio do Planalto por volta das 9h30 e ir a pé em direção ao Congresso Nacional. Cercado por seguranças, Bolsonaro foi direto para a Câmara dos Deputados, onde está sendo realizada uma sessão em homenagem ao humorista Carlos Alberto de Nóbrega, do programa A Praça é Nossa, do SBT.

A sessão foi solicitada e está sendo presidida pelo deputado federal Alexandre Frota (PSL-SP). Além de Bolsonaro, estão presentes os ministros Onyx Lorenzoni, da Casa Civil, Osmar Terra, da Cidadania, e Augusto Heleno, do Gabinete de Segurança Institucional.

Em discurso rápido durante a solenidade, Bolsonaro reafirmou que é fã do humorista. Segundo o presidente  Nóbrega atinge positivamenete todos os brasileiros. ” Sem humor, sem alegria não se tem razão de viver”, disse.

O presidente deixou a solenidade antes do fim e seguiu para o Palácio do Planalto. Onyx Lorenzoni disse que Bolsonaro deixou o café da manhã com a bancada do partido Novo para prestigiar Carlos Alberto de Nóbrega. “Ele quis fazer uma surpresa e nem gastou gasolina” brincou. Ainda sobre a presença do presidente no compromisso que não estava na agenda oficial, o ministro disse que foi um “gesto de carinho com Carlos Alberto, com o Parlamento e um respeito à própria arte”.

Na terça-feira (27), o humorista foi recebido por Bolsonaro no Palácio do Planalto. Em vídeo publicado no Twitter, o presidente manifestou a satisfação de receber “esta lenda da televisão brasileira que, há décadas, alegra a todos nós em seu velho e querido banco [do programa A Praça é Nossa] “.

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, durante sessão solene em homenagem ao ator Carlos Alberto de Nóbrega, na Câmara dos Deputados.

Diálogo – O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse hoje (29) que com o “diálogo da política com a sociedade” será possível “recuperar o Brasil”. Após o presidente Jair Bolsonaro ter aparecido na manhã de hoje de surpresa em uma sessão solene em homenagem ao humorista Carlos Alberto de Nóbrega na Câmara, Maia avaliou que foi bom o presidente ter ido ao Congresso. “É bom o presidente vir aqui prestigiar o homenageado, prestigiar a Câmara, precisamos mais disso, mais de diálogo e proximidade que de conflito. Acho que o Brasil está precisando disso”, ressaltou.

Ainda sobre a relação com o Palácio do Planalto, Maia avaliou que o importante no momento é manter “o ambiente distensionado” para que o brasileiro veja o Legislativo e o Executivo como Poderes preocupados em reduzir a lista de 13 milhões de desempregados e 9 milhões de pessoas abaixo da linha da pobreza por meio de crescimento e geração de emprego.

Previdência – Em conversa com jornalistas na manhã de hoje, o presidente da Câmara negou que tenha dito que iria pedir uma antecipação do relatório da reforma da Previdência ao deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

“O que eu pedi foi um pré-relatório antes, para que a comissão [especial] mesmo pudesse avaliar antes de uma apresentação oficial. Com isso, a gente constrói uma maioria mais fácil . Não foi nenhuma tentativa minha de antecipar e atropelar os prazos, atropelar o trabalho da comissão, ao contrário, acho que com um pré-relatório, apresentado uma semana antes, os deputados vão poder fazer críticas e a gente vai poder ter a sensibilidade se o texto que ele [está] querendo apresentar, encaminhando para apresentação é um texto que garante a vitória não só no plenário, mas também na comissão”, explicou.

Maia disse ainda que não há atraso na tramitação da reforma da Previdência e reafirmou que, “se tiver voto”, pretende colocar o texto em votação “dentro do prazo adequado”, segunda quinzena de junho na comissão especial e na primeira quinzena de julho, antes do recesso parlamentar, no plenário da Casa.

(Agência Brasil)

Compartilhe
Editor chefe da Revista e do site do Maranhão Hoje. Sócio-proprietário da Class Mídia – Marketing e Comunicação